União autoriza construção da Ferrovia Norte-Sul no trecho gaúcho

    O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, estará hoje em Chapecó e assinará a autorização para o início da licitação do projeto técnico-ambiental do traçado gaúcho, do catarinense e do paranaense da Ferrovia Norte-Sul. No Rio Grande do Sul, a ferrovia deverá passar por Erechim, Passo Fundo, Roca Salles, Triunfo, Camaquã, Pelotas, até o porto de Rio Grande.
    A expectativa do vice-presidente da Frente Parlamanetar das Ferrovias deputado federal Jerônimo Goergen é que o governo federal anuncie a ampliação do traçado até Uruguaiana. A Ferrovia Norte-Sul já está sendo construída entre o Pará e São Paulo e deverá ficar pronta até 2014. Já o trecho dos três estados do sul deve ser concluído até 2017.
    O ministro Paulo Sérgio Passos será palestrante no seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional”. O evento, promovido pela Frente Parlamentar das Ferrovias do Congresso Nacional, vai reunir líderes políticos e empresariais dos quatro estados que compõem o Conselho de Desenvolvimento do Sul (CODESUL) – Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul. O evento acontece no auditório da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). Em março, a presidente Dilma Rousseff visitou as obras da ferrovia Norte-Sul no estado de Goiás e prometeu concluir a ferrovia Norte-Sul de Açailândia, no Maranhã, até Estrela D’Oeste, em São Paulo, até 2014 e deixar prontos projetos para estender o modal até o porto de Rio Grande.



    Comentários