Estação de Integração deve estar pronta em dois meses

    Deve estar pronta em aproximadamente dois meses a nova Estação de Integração do Cassino. Com o cronograma de obras atrasado, a Secretaria de Segurança, dos Transportes e do Trânsito (SMSTT) assinou um adendo de prazo que prevê para setembro a entrega da estrutura.
    Construída no canteiro da avenida Atlântica, entre as ruas Max Swoboda e Don Pedrito, a plataforma segue o mesmo padrão estrutural da Estação Tamandaré, que também está em construção. No balneário, a terraplenagem teve início em maio e agora está sendo fixada a segunda edificação de apoio, afirma a titular da SMSTT, Rúbia Mara Rodrigues.

    Assim que for concluída a instalação dos pórticos, será feita a colocação do telhado e piso e ficarão faltando apenas os acabamentos. A nova plataforma irá descentralizar a chegada e partida de coletivos no Cassino e deve desobstruir o fluxo de veículos na região central do balneário. Com a mudança, a atual estrutura – chamada pela comunidade de rodoviária – será utilizada como um dos pontos de parada dos ônibus.


    Materiais

    A nova Estação está sendo montada com materiais metálicos modulados que formam pórticos elipsoidais reforçados para resistirem ao vento. Conforme a secretária, a estrutura irá ocupar a metade do canteiro, mantendo a ciclovia, os bancos e floreiras à esquerda da rua.

    Fonte: Hélen Albernaz / Jornal Diário Popular

                                   Visualizar Caminhos da Zona Sul em um mapa maior
     




    Comentários