Obras no Contorno de Pelotas ainda dependem de reunião do Ibama

    Conforme o repórter da Rádio Gaúcha Jocimar Farina, no blog “Estamos em obras”, a duplicação dos 24 quilômetros do chamado Contorno de Pelotas (entre a ponte do Retiro e e a ponto do Canal São Gonçalo) aguarda a realização de uma audiência pública do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para poder receber a última licença antes do início das obras.
    A licença prévia e a licença de instalação já foram concedidas pela Ibama. Falta ainda a licença de operação. Esse documento é emitido após a realização da audiência pública, que ainda não tem data marcada.
    Na audiência, o impacto ambiental da obra é discutido através do estudo e do relatório ambiental realizados. Todas as exigências e detalhes técnicos descritos no projeto são verificados para ver se foram atendidos. Se não houver contestações, a licença de operação é emitida e a ordem de serviço poderá, enfim, ser assinada.
    A obra no Contorno de Pelotas, da ponte do Retiro (na BR-116) ao Canal São Gonçalo (na BR-392), está orçada em R$ 430,6 milhões. Em maio, a presidente Dilma Rousseff garantiu o investimento como havia sido previsto: com a construção de três pontes e dez viadutos.
    A licitação havia sido suspensa porque se cogitou a possibilidade de baratear o empreendimento retirando do projeto algumas obras-de-arte.



    Comentários