Segue a novela: Funai está embargando obras da BR-116

    Por determinação da presidente Dilma Rousseff, representantes de quatro ministérios vão se reunir para discutir uma forma de destravar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento que estão emperradas por ação da Funai. Em torno da mesa devem sentar-se os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, dos Transportes, Paulo Passos, do Meio Ambiente, Izabela Teixeira, e da Justiça, José Eduardo Cardozo, dirigentes do Dnit e da Funai. O problema é o embargo de obras, pela Funai, por conta da existência de índios vivendo à margem de rodovias que serão duplicadas em diferentes Estados do Brasil.
    Ontem, o deputado federal Paulo Pimenta (PT) esteve com o ministro Paulo Passos e ouviu dele que o Dnit não aceita a exigência da Funai de só liberar cinco dos nove lotes da duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas. A Funai quer impedir o início das obras em quatro lotes, embora só existam índios em um trecho do lote 1.
    A presidente só aguarda a liberação pela Funai para vir ao Rio Grande do Sul e dar a ordem de início para a duplicação da BR-116 e do contorno de Pelotas. Na mesma viagem, Dilma deve inaugurar um trecho da BR-470, entre Barracão e Lagoa Vermelha.
    Fonte: Rosane de Oliveira – Página 10 – Zero Hora



    Comentários