Ferrovia Norte-Sul não chegará mais ao Estado

    Com o anúncio da concessão da linha ferroviária que passará por São Paulo, Mafra e Rio Grande, o Ministério dos Transportes confirmou ontem a desistência do projeto de prolongamento da Ferrovia Norte-Sul. O traçado desta sairia de Panorama (SP), passaria por Chapecó (SC) e atravessaria o Estado até o porto de Rio Grande, na zona sul gaúcha.

    Considerada prioritária pelo governo do Estado, a obra não sairá porque a União considerou mais viável a modernização da ferrovia já existente entre a cidade de São Paulo e Porto Alegre, com a construção de um novo trecho que também chegará a Rio Grande.

    Segundo o ministério, a conclusão é que a ferrovia anunciada na quarta-feira é a melhor opção de ligação entre o Sul e Sudeste e será mais barata. O traçado a ser reformado possivelmente receberá um terceiro trilho, para a circulação de trens tanto com bitola de um metro quanto de 1,6 metro, mais moderna e veloz.

    – Como é uma ferrovia que já existe, não precisará haver desapropriação de áreas e o licenciamento ambiental é mais fácil – diz o presidente da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), Rodrigo Vilaça.

    Fonte: Jornal Zero Hora
    Notícias relacionadas:



    Comentários