Montadora abre seleção para emprego

    Depois da abertura de um escritório, a montadora chinesa Shyian Yunlihong Motors deu início à fase de contratações para a futura fábrica de caminhões na cidade de Camaquã. Os primeiros funcionários, para cargos de gerência, logística, vendas e comércio exterior, devem ser chamados em outubro.

    Para os 250 empregados da empresa no primeiro ano, os contratos serão firmados em junho de 2013, três meses antes da conclusão das obras na nova fábrica de caminhões. Na segunda fase do projeto, o quadro saltará para 500 funcionários.

    O registro da Shyian Yunlihong Motors no Brasil teve de superar um longo caminho legal, que incluiu traduções detalhadas de documentos vindos da matriz chinesa. O CNPJ só foi confirmado há três semanas. Os primeiros equipamentos para a linha de produção da fábrica começam a chegar ao Estado no início de outubro.

    – Vencemos uma fase burocrática difícil, que envolveu até a embaixada brasileira na China, mas agora estamos devidamente registrados no Brasil – afirmou Guilherme Vaz, um dos representantes da empresa no país.

    Atualmente, o terreno de 50 hectares no Distrito Industrial de Camaquã passa por processo de terraplenagem, feito pela prefeitura. Até o final do próximo mês, será definida a construtora da fábrica, que terá cerca de 300 mil metros quadrados de área. No canteiro de obras, trabalharão 350 pessoas.

    Doação do terreno precisa de aprovação de vereadores

    O projeto de doação do terreno ainda necessita de aprovação da Câmara de Vereadores, mas o prefeito Ernesto Molon não vê empecilhos.

    – Até o final deste mês, a proposta deve ser aprovada. Também estamos avaliando outra área próxima para receber os sistemistas da nova unidade – salientou Molon.

    Com investimento de R$ 185 milhões, a Shyian Yunlihong prevê o início de funcionamento da planta para o terceiro trimestre de 2013.

    Fonte: Jornal Zero Hora



    Comentários