Contrato do Parque Tecnológico do Mar é assinado

    Um dia histórico para a Universidade Federal do Rio Grande (Furg). Assim foi a terça-feira (23) quando aconteceu a assinatura do contrato para a construção do Parque Científico e Tecnológico do Mar (Oceantec) da Furg. O encontro ocorreu no gabinete da reitoria com a presença do reitor João Carlos Cousin, vice-reitor Ernesto Luiz Pinto, pró-reitor de Planejamento e Administração Mozart Martins, pró-reitor de Infraestrutura Guilherme Lunardi, pró-reitora de Graduação Cleuza Dias, diretora de Obras da Proinfra, Rita de Cassia, e o diretor comercial da empresa 5S Arquitetura e Design, vencedora da licitação para a execução do empreendimento, Fernando Costa. O próximo passo será a assinatura do termo de início da obra, feita pela Proinfra para permitir o início da construção civil.

    O projeto executivo do Oceantec foi elaborado pela Diretoria de Obras da Pró-Reitoria de Infraestrutura. Inicialmente será edificada a sede do parque, em uma área de cinco hectares, com oito pavimentos e 1.096 metros quadrados, que ficará localizada no Campus Carreiros da Universidade. Com frente para a avenida Roberto Socoowski, poderá ser vista de diversos pontos da cidade. Segundo o diretor comercial da empresa 5S Arquitetura e Design, Fernando Fernandes Costa, aproximadamente 70 pessoas farão parte da equipe que trabalhará na construção da sede do parque. A iniciativa de R$ 4,6 milhões é uma parceria entre a Furg, prefeitura do Rio Grande e governo do Estado do RS, através da Secretaria de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT).

    Conceito de desenvolvimento
    De acordo com o vice-reitor o Oceantec empregará um conceito amplo de desenvolvimento, incluindo os aspectos tecnológicos, econômicos, sociais e ambientais, visando garantir a fixação territorial dos investimentos. “Precisamos aproveitar esse ciclo virtuoso de desenvolvimento da indústria naval brasileira, para que nos próximos dez anos possamos construir a nossa autonomia enquanto cidade e região”, ressalta Ernesto.

    O parque tecnológico é um dos projetos estratégicos constantes no Plano de Desenvolvimento Institucional da Furg (PDI 2011-2014), que sediará iniciativas inovadoras em todas as áreas, fazendo a união entre o conhecimento novo que é gerado na Universidade e a sociedade, através da lógica conceitual da tríplice hélice, envolvendo universidades, empresas e governos. “Essa iniciativa certamente trará benefícios na qualidade de vida das pessoas, pois significa a possibilidade de geração de renda e emprego qualificado”, afirmou o vice-reitor.

    Para o reitor João Cousin, a construção do Oceantec representa a inserção da Furg nesta nova forma de desenvolver ciência e tecnologia com inovação, aproveitando o crescimento do Polo Naval.

    Marco urbano visível no desenvolvimento da cidade, o parque, que já conta com o apoio de 34 empresas, está previsto para ser concluído em dois anos. O Oceantec foi criado pelo Conselho Universitário (Consun), em 15 de outubro de 2010, tendo como foco as ciências e tecnologias do mar, de acordo com a vocação que a Universidade possui: os ecossistemas costeiros e oceânicos.

    Parque Tecnológico do Mar – Oceantec

    Fonte: Assessoria de Comunicação Social da FURG

    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários