Empresários apresentam projeto de qualificação profissional

    Os sócios da empresa Auxile Qualificação Profissional estiveram com o prefeito Adolfo Antonio Fetter na manhã de hoje (8) para apresentar seu empreendimento. A empresa pretende, até novembro, começar a qualificar 152 profissionais para atuar como soldador e montadores de estruturantes navais no polo naval de Rio Grande.

    Os cursos têm de 150 a 200 horas e podem ser concluídos em um ou dois meses, dependendo da disponibilidade do aluno. Se optarem pelas aulas durante o dia, a duração é de um mês. Caso optem pelo turno da noite ou pelo chamado corujão (das 23h às 3h), por ter metade da carga horária diária, o prazo estende-se para dois meses. 

    De acordo com o empresário Delmar Dallmann, há opções para todos, para quem está desempregado e quer concluir o curso rápido para começar a trabalhar, ou para quem quer mudar de emprego, mesmo que esteja estudando e tenha os horários convencionais ocupados.

    No caso dos cursos voltados ao Polo Naval, o interessado paga apenas de 5% a 10% do valor de mercado do curso, o restante é custeado pela empresa que encomendou a qualificação de profissionais para aproveitamento no Polo Naval de Rio Grande. Dallmann e o sócio Alosio Marchezan dizem que os primeiros cursos a serem abertos – montador e soldador – custarão ao candidato R$ 175 e R$ 350, respectivamente.


    Para Fetter, a proposta permite atender demandas específicas e responde com maior agilidade, o que representa um ganho para Pelotas.


    Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 53.3303-4880, ou diretamente na avenida Duque de Caxias, 490.



    Fonte: Alessandra Meirelles – Comunicação Prefeitura de Pelotas

    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários