Fepam concede licença de instalação para complexo eólico em Rio Grande

    A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) concedeu licença de instalação à Odebrecht Energia para a implantação do Complexo Eólico Corredor do Senandes, empreendimento da empresa no município de Rio Grande. O licenciamento permite a implantação do complexo eólico formado por sete parques com capacidade instalada total de 180,9 MW, sendo que quatro deles serão instalados até final de 2013, na primeira fase do complexo.

    Além do monitoramento constante do comportamento da fauna local durante a instalação do empreendimento, a Fepam condicionou a licença a uma apresentação, por parte da Odebrecht Energia, de um plano de investimento em preservação ambiental na região costeira, em especial no Banhado do Maçarico.

    A primeira fase do Complexo Eólico Corredor do Senandes é formada pelos parques Corredor do Senandes II, III e IV, e Vento Aragano I, com capacidade instalada de 108 MW. Os empreendimentos receberão investimentos totais da ordem de R$ 400 milhões. De acordo com a empresa, durante as obras do complexo, serão gerados cerca de mil empregos diretos e indiretos com priorização de contratação de mão de obra local.

    O empreendimento contará com 40 aerogeradores, modelo Eco 122. Os equipamentos fazem parte de uma nova série produzida pela Alstom e possuem alta potência, o que permite o aumento na produção de energia com menor impacto ambiental. Ao fim do processo de implantação, a Odebrecht Energia necessitará solicitar à Fepam uma licença de operação, que somente é fornecida após análise dos técnicos da fundação.  

    Fonte: Helio Gama Neto – Secom RS

    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários