Projeto da nova sede do Senai em Pelotas vai para licitação

    Projeto de R$ 7,9 milhões para a construção da nova sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) em Pelotas, em área ao lado do Parque do Sesi, na avenida Bento Gonçalves, está aprovado e pronto para a próxima etapa, que é a da licitação, esperada para dentro de duas semanas. 

    Na segunda-feira (15) em Pelotas para reunião-almoço mensal do Centro das Indústrias de Pelotas (Cipel), o coordenador de Articulação Empresarial (Caemp) da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Jorge Serpa, repassou a informação ao presidente dos industriais pelotenses Ricardo Michelon. Em junho de 2009, foi lançada a pedra fundamental da futura Escola do Senai.

    A reunião-almoço teve um objetivo: reunir os associados do Cipel, com a presença também de não associados, para a divulgação pelo Senai e também pelo Serviço Social das Indústrias (Sesi) e pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) dos produtos que dispõem tanto para atender diretamente aos industriais, como os de qualificação para os dirigentes das empresas, como para os industriários, de formação e aprimoramento profissional e de saúde e qualidade de vida.

    Segundo o presidente Michelon, o encontro serviu para mostrar aos pequenos e médios industriais que esses não são produtos direcionados apenas às indústrias de grande porte, assim como as atividades do Cipel. Um exemplo citado pelo presidente é o treinamento gratuito em exportação para empresas de pequeno porte, que ocorrerá quarta e quinta-feira no auditório da Casa da Indústria. 

    Com inscrições até o final da manhã desta terça, será ministrado por representante da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), em parceria com a entidade. Credenciada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior objetiva mostrar oportunidades de curto, médio e longo prazos. Informações e reservas são aceitas pelo telefone (53) 2123-8050.

    Números
    Além dos diferentes produtos disponibilizados pelo Senai e pelo Sesi nas cidades da região, coube aos gerentes regionais desses dois braços operacionais da Fiergs divulgarem os mais recentes resultados obtidos, que foram os fechados no primeiro semestre deste ano. Segundo Vinícius Andrade, do Senai, com ênfase atualmente no setor metal-mecânico, foram prestados 1.176 atendimentos nos primeiros seis meses do ano, predominantemente através dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). 

    Já o gerente de Operações do Sesi, Leonardo Santana, apontou mais de 47,9 mil atendimentos, que incluíram serviços prestados em educação, lazer, responsabilidade social e saúde aos industriários e seus dependente. Somados, os industriários de Pelotas, Rio Grande e cidade vizinhas chegam a 18.772.

    Fonte: Maria da Graça Marques – Jornal Diário Popular
    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários