Nova reitoria do IF-Sul já tem empresa para as obras

    Após duas licitações desertas, as obras da nova reitoria do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IF-Sul) já têm uma empresa vencedora. A única interessada, Carlos Lang Engenharia e Construção, ficará responsável pela execução da primeira parte do projeto, que prevê a construção de uma torre de cinco pavimentos, correspondente a oito mil metros quadrados, uma parte da subestação e mais o espaço da garagem.

    Além do êxito na licitação, a ideia de contratar uma organização da cidade foi realizada. O próprio espaço onde será a obra era a antiga fábrica Lang. Agora a contribuição será na revitalização de uma área de 7,5 mil metros quadrados. Frederico Lang, diretor da empresa, explica que já trabalha no ramo de licitações e que as obras estão previstas para serem concluídas no espaço de 18 meses. “É um desafio, mas temos condições de atender as necessidades desta obra”, diz.

    Resultado deve ser publicado no Diário Oficial

    Com a primeira parte da documentação aberta e a planilha de custos analisada, a empresa mostrou tudo em ordem e correto. Assim, falta a divulgação do resultado no Diário Oficial da União e dar continuidade aos trâmites. De acordo com a diretora de projetos e obras do IF-Sul, Lúcia Helena Costa, a estimativa é que dentro de 20 dias a organização já possa assinar o contrato e iniciar a execução do projeto. Com a obra da primeira parte em andamento, o planejamento da segunda parte será concluído para que uma nova licitação – referente a outro espaço – seja aberta no início de 2013.

    Lúcia explica que atualmente a reitoria atua em quatro prédios, todos alugados. Com a obra, todas as unidades ficarão reunidas em um só local, o que facilitará – e muito – a organização e o desenvolvimento da instituição. “Este êxito também se deve à equipe da diretoria de projetos e obras. Todos deram um algo a mais para essa obra acontecer”, diz. Deixar o mandato com o projeto da nova reitoria engatilhado era uma das metas do reitor do IF-Sul, Antônio Carlos Brod. “Também vai ser um prédio moderno que vai agregar valor para a região em que está localizado”, avalia.


    Fonte: Letícia Schinestsck – Jornal Diário Popular

    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários