Casco da P-63 já está na área de Rio Grande

    O casco da plataforma P-63, vindo de Dalian (China), chegou nesta segunda, 28, às 12h, na área de Rio Grande. Ele ficou ancorado em uma área de fundeio, fora da Barra, aproximadamente, 25 milhas do porto riograndino. No início da noite, a data de realização da operação de ingresso no porto estava sendo discutida em uma reunião entre a Praticagem da Barra, os comandantes dos rebocadores que serão usados na ação, e representantes da Quip S/A e da seguradora da P-63.

    Nesse encontro, seria verificada a possibilidade de entrada do casco no porto nesta terça-feira, amanhã ou quinta-feira. A operação envolve a movimentação da P-58, que está atracada no cais da Quip, para o cais do Estaleiro Rio Grande (ERG1), no caso de a operação ser feita terça ou quarta-feira dessa semana, ou para o Tecon, se o ingresso da P-63 for realizado na quinta-feira, dia 31. Quando entrar no porto, o casco da P-63 irá atracar no canteiro da Quip, empresa responsável pela construção dessa plataforma, localizado na avenida Honório Bicalho, na ponta sul do Porto Novo.

    O deslocamento da P-58 é necessário, porque a base da P-63 atracará em seu lugar. Depois, a P-58 volta para o canteiro de obras da Quip e atraca no cais novo do local. Após a chegada no canteiro da Quip, o casco da P-63, que já vem com seis módulos, receberá outros, construídos em Rio Grande, e sua integração será completada.

    A P-63, cujo custo total é de 1,3 bilhão de dólares, terá capacidade de produção de 140 mil barris de óleo por dia e de 1 milhão de m³ de gás. Será operada por uma Joint Venture entre a Quip e o Grupo BW Offshore, por um prazo de 36 meses antes de ser entregue, definitivamente, à Petrobras. Ela deve ficar pronta para operar, ainda, no primeiro semestre de 2013.

    Fonte: Carmen Ziebell – Jornal Agora
     ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários