Governo debate obras do Complexo Eólico do Senandes em Rio Grande

    O secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Caleb de Oliveira, recebeu na última quinta, 28, os dirigentes da empresa Odebrecht Energia, para debater o andamento das obras do Complexo Eólico do Senandes, onde estão sendo implantados quatro dos dez parques eólicos que a empresa irá construir no Rio Grande do Sul. Com investimentos de R$ 400 milhões, os projetos Corredor do Senandes II, III e IV e Vento Aragano I deverão entrar em operação em janeiro de 2014, num total de 108 megawatts (MW) de capacidade instalada.
    Na ocasião, o titular da Seinfra destacou o alto potencial de velocidade e direção bem definida dos ventos no Rio Grande do Sul, aliados à extensa costa litorânea, o que torna um dos melhores Estados para se desenvolver a energia originada dos ventos. “Pretendemos impulsionar a cadeia geradora de energia para que ela se torne cada vez mais competitiva e propicie ainda mais o desenvolvimento regional”, disse Caleb.
    Atualmente, conforme o diretor da Odebrecht, Alexandrino de Alencar, a empresa já recebeu a licença prévia da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e aguarda apenas a Licença de Instalação (LI) para a construção da linha de transmissão que ligará o complexo eólico Corredor do Senandes ao sistema elétrico brasileiro. A linha terá 48 quilômetros de extensão e vai conectar o empreendimento a uma subestação da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).
    Já o diretor de Geração, Fernando Muniz, ressaltou que durante as obras do complexo serão gerados cerca de mil empregos diretos e indiretos com priorização de contratação de mão-de-obra local. Ele lembrou também que o empreendimento contará com 40 aerogeradores, modelo Eco 122. Os equipamentos fazem parte de uma nova série produzida pela Alstom e possuem alta potência, o que permite o aumento na produção de energia com menor impacto ambiental. 

    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários