Quip premia profissionais que cumprem metas

    Com a responsabilidade de conduzir o projeto da construção de três plataformas simultaneamente, a Quip volta a colocar em prática formas de fomentar o trabalho de seus operários de maneira ainda mais eficiente. Com esse foco, a empresa lançou nesta sexta-feira (22), em seu canteiro de obras, o Programa de Incentivo à Produção – Fórmula PIP. Contando com todas as firmas que prestam serviço terceirizado, a CQG (que também atua na P-58) e os funcionários da Quip – mais de oito mil pessoas – estão entre os possíveis beneficiários.

    Destinado a contemplar os profissionais que tiverem destaque no cumprimento de metas, o Fórmula PIP sorteará mensalmente um Chevrolet Celta zero quilômetro, cinco prêmios de R$ 1 mil em títulos de capitalização e adicionais em dinheiro ao Vale-Cesta. Conforme a Assessoria de Imprensa da organização, a proposta visa estimular a produtividade entre toda a classe trabalhadora (exceto gestores), evidenciando que o comprometimento gera resultados para ambos os lados. Apesar de não se destacar como uma competição, pois atua como agente incentivador e motivacional, a iniciativa formulada por uma equipe de consultoria atende a critérios específicos que precisam ser atendidos pelos funcionários para o recebimento dos tíquetes de participação (condicionados à pontuação mínima de 71 pontos).

    As metas de produção devem ser definidas nos próximos dias entre a Quip e a Petrobras, mas alguns conceitos fixos também despontam entre as possibilidades de reunir os valores a serem revertidos em cupons. O tempo de empresa (quanto maior, mais pontos) se destaca entre a estratégia para fomentar a permanência dos profissionais no estaleiro. Além disso, ter bom desempenho nas listas de Verificação (LVS) e de Auditoria Comportamental também desponta como um grande auxílio na captação de cupons. Essa metodologia busca o atendimento de aspectos de organização, limpeza e segurança na área de trabalho, onde a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) também ocupam espaço importante. A previsão é de sejam formadas equipes que apliquem a fiscalização umas às outras.

    Na próxima semana está previsto o lançamento do programa no canteiro de obras da P-55, no Estaleiro Rio Grande (ERG1). Porém, no local, a medida abrange apenas os trabalhadores desta petroleira. Para o gestor da P-63, Bartolomeu de Moraes, a campanha sinaliza uma forma de estímulo na fase final dos projetos que se revertem em benefícios para os trabalhadores.

    Fonte: Jornal Diário Popular
     ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários