Informações sobre as obras de duplicação do contorno de Pelotas

    Ao trafegar pela BR-116/392 é possível ver o quanto avançam as obras de duplicação da rodovia, realizadas pelo DNIT. É expressivo o número de máquinas e equipes de colaboradores que atuam em diversas áreas do empreendimento.
     
    No Contorno de Pelotas, que compreende 23,69 km, desde a Ponte do Arroio Pelotas à do Canal São Gonçalo, a equipe de supervisão ambiental acompanha e monitora, diariamente, as atividades nas frentes de obras.
     
    Neste mês, pode-se perceber que o ritmo da construção se mantém. Sobretudo pela liberação das jazidas que, desde a primeira quinzena de abril, permitem a continuidade do cronograma no que se refere à colocação de aterro.
     
    Atualmente, o chamado Lote 1A do Contorno, de 11,01 quilômetros de extensão, do Arroio Pelotas à Barragem Santa Bárbara, possui em torno de 330 funcionários envolvidos diretamente, enquanto 100 são colaboradores indiretos, tais como fornecedores de refeições, carreteiros etc. Neste trecho a obra segue avançando com aterro, terraplenagem e obras de arte especiais (ponte e viaduto).
     
    No Lote 1B, de 12,68 quilômetros, desde a Barragem Santa Bárbara até a ponte do Canal São Gonçalo, a etapa é de construção de aterro para que, conforme sejam liberados esses trechos, se inicie a pavimentação. Serão utilizados 1,5 milhões de metros cúbicos de aterro, ao longo de um ano e seis meses de obra. Ainda no Lote 1B, são 140 funcionários trabalhando, além de 30 colaboradores indiretos.

    Fonte: STE Engenharia
    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários