Rolls-Royce

    Com a indústria naval em alta, o Rio Grande do Sul se tornou um dos mercados prioritários para que a Rolls-Royce triplique seus negócios no Brasil até 2020. A gigante multinacional tem contrato para fornecer turbinas de geração de energia às plataformas flutuantes que estão sendo montadas no polo naval de Rio Grande. Um dos contratos – de US$ 630 milhões – prevê a entrega de 32 equipamentos até 2017.

    Embora seja lembrada pelos automóveis, a empresa vendeu essa divisão à BMW em 1998. Hoje, além da indústria oceânica, tem parte importante de sua receita vinculada à venda de motores para aviões. No Brasil, a companhia fornece à Embraer e também está envolvida no projeto de construção de um novo cargueiro.

    Fonte: Maria Isabel Hammes – Informe Econômico – Jornal Zero Hora

       ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários