BR-392: Projeto do lote 4 ainda em elaboração

    Iniciadas em janeiro de 2010, as obras de duplicação da BR-392, no trecho entre Rio Grande e Pelotas, estão ocorrendo nos lotes 1 (contorno de Pelotas), 2 (do km 60,7, na ponte sobre o Canal São Gonçalo, até o km 35,8, no Banhado 25) e 3 (do km 35,8 até o km 8,7, próximo ao Superporto). Já no lote 4 (da avenida Maximiano da Fonseca ao km zero da BR-392), onde o fluxo de veículos atualmente é intenso, ainda não há previsão de início. O projeto para a duplicação deste lote está quase pronto, mas ainda é preciso fazer o licenciamento ambiental. Depois disso será lançada a licitação para execução do serviço neste espaço.
    De acordo com Vladimir Casa, da Unidade de Pelotas do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), nos lotes 2 e 3 a duplicação da rodovia está feita e quase todo o trecho está liberado para o trânsito. Na área do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Vila da Quinta, é que a estrada está duplicada, mas ainda não foi liberada porque a PRF solicitou ao Departamento que não liberasse enquanto o seu posto não estivesse adequado e também porque os dois viadutos em construção – o do Povo Novo e o da Vila da Quinta – ainda não estão prontos.
    No entanto, o Dnit pretende autorizar o tráfego por este espaço assim que os dois viadutos estiverem concluídos, o que deve ocorrer em setembro/outubro. O projeto de duplicação da estrada ainda prevê a construção de cinco passarelas entre Rio Grande e Pelotas. O projeto de execução destas está pronto e a licitação está por ser lançada. As passarelas estão previstas para serem feitas nos quilômetros 51,8 (Capão Seco), 19,7 (Carreiros), 18 (Parque Marinha), 41,9 (Povo Novo) e 26,5 (Vila da Quinta).
    Fonte: Carmem Ziebell – Jornal Agora

     ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Siga o Blog no Twitter
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários