41º Prêmio Exportação RS: Tecon é um dos vencedores da premiação promovida pela ADVB/RS

    Inicialmente iria publicar sobre o prêmio Exportação RS na série “inveja da Serra”, já que ao verificar a lista de homenageados encontrei sete empresas daquela região. No entanto, optei neste momento por valorizar a única empresa da zona sul do Estado que esteve na lista de vencedores: o Terminal de contêineres de Rio Grande (Tecon Rio Grande).
     
    O Prêmio Exportação RS, promovido pela Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil – ADVB/RS, visa reconhecer à competência e à visão estratégica das empresas gaúchas com atividades exportadoras de bens ou produtos, fabricados e/ou comercializados no Estado.

    O Tecon Rio Grande é uma empresa constituída a partir de um único acionista, Wilson, Sons de Comércio Ltda., o qual venceu a licitação do Terminal de Contêineres do Porto do Rio Grande e passou a administrá-lo a partir de 1997 por 25 anos, renováveis por igual período, com o objetivo de ser um dos melhores terminais de containers da América Latina.

    A empresa já investiu cerca de 250 milhões de reais em equipamentos, tecnologia e expansão do terminal. O compromisso contratual com o Governo do Estado de expansão e modernização de sua estrutura está de acordo com um cronograma muito rígido.

    O Tecon Rio Grande recebe em seu Terminal todas as principais Linhas que escalam o Brasil, além de ter mais de 3000 importadores e exportadores cadastrados em sua carteira, sendo hoje uma grande ferramenta para o desenvolvimento econômico do Estado.

    Iniciando suas atividades com 64 pessoas, atualmente possui cerca de 900 colaboradores, sendo um forte gerador de empregos na cidade e região. O Terminal é, ainda, o maior requisitante de mão de obra avulsa do complexo portuário do Rio Grande, através de acordos pioneiros no país, firmados com Sindicatos dos Trabalhadores.

    Movimentando 98% da carga conteinerizada que passa pelo Porto do Rio Grande, o Tecon RG tem como seu maior objetivo concentrar a carga dos países do Cone Sul, claramente suportado pelas facilidades físicas e geográficas, pelos investimentos realizados e pelo preço competitivo.

    O Terminal possui alguns diferenciais como: Operações 24 horas por dia, 7 dias na semana; Sistema de gerenciamento informatizado Sparc Navis e Scol; Equipamentos de última geração; Órgãos públicos instalados nos prédios do Terminal; Possibilidade de interiorização através dos três modais – ferroviário, hidroviário e rodoviário; Armazéns para cargas especiais; Janelas de atracação; Conformidade com ISPS Code – IMO nº: 5.313 e principalmente a segurança de suas cargas.
     ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários