Tecon Rio Grande: espaço para a safra no contêiner

    No momento em que atinge a marca de 5 milhões de contêineres movimentados, o Tecon Rio Grande reforça a posição de aposta em novas cargas agrícolas. Neste ano, em um projeto-piloto, movimentou 150 unidades com soja, o que ainda é “muito pouco”, afirma Thierry Rios, diretor comercial da empresa, para quem um bom desempenho seria na casa dos 10 mil contêineres por ano.

    – Estamos focando em granéis agrícolas. Tanto que criamos uma área que só cuida de novas cargas – explica Rios.

    Atualmente, o principal produto movimentado pelo terminal é o tabaco, com 18 mil contêineres por ano. O arroz também tem peso importante – neste ano, foram 3,5 mil unidades para exportação. Entram ainda na lista das principais cargas, frango congelado, resinas, máquinas e equipamentos.

    Desde que assumiu as operações, o Tecon Rio Grande já investiu no terminal, que movimenta 98% da carga em contêiner que passa pelo porto de Rio Grande, R$ 250 milhões em modernização e ampliação da estrutura.

    Fonte: Maria Isabel Hammes – Informe Econômico – Jornal Zero Hora
    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook
    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)   




    Comentários