Guarda Velha, em Pinheiro Machado, inicia colheita para produção de azeite

    Mais um  projeto de plantação de oliveiras e produção de azeitonas e azeite começa a mostrar resultados no Rio Grande do Sul. Em março, iniciará a colheita da safra 2014 na estância Guarda Velha, em Pinheiro Machado, empreendimento do empresário paulista Luiz Eduardo Batalha. 

    São 130 hectares plantados com oliveiras e a colheita deste ano será feita numa parcela de 12 mil plantas, com três anos e quatro meses. A expectativa de Batalha, que vai fazer uma “festa da colheita”, é colher de 80 mil a 100 mil quilos de azeitonas, das quais 30% destinadas à mesa e 70% ao azeite. 

    A indústria está pronta, inaugurada pelo governador Tarso Genro, no ano passado. “Os primeiros testes mostraram um azeite espetacular, segundo especialistas italianos, argentinos e chilenos que o provaram”, diz Batalha. O lagar tem capacidade instalada para processar 400 mil litros por safra. O nome do azeite será Batalha da Guarda Velha, com imagem, marca e marketing desenvolvidos por Letícia Bueno, filha do locutor esportivo da TV Globo Galvão Bueno. 

    Os produtos chegarão ao mercado este ano. A fazenda se chama Guarda Velha porque naquele território passava a linha imaginária do Tratado de Santo Ildefonso, de 1777, que separava, então, as terras de Portugal e Espanha no Novo Mundo. Até hoje existe um marco delimitando a área.

    Fonte: Danilo Ucha – Painel Econômico – Jornal do Comércio
    ________________________________________________________  
    Curta o Blog no Facebook 

    Receba as atualizações do Blog no seu e-mail (newsletter)    




    Comentários