Laboratório da SGS é destaque na Feira do Polo Naval

    Além das 165 palestras e dos seminários sobre as oportunidades e desafios da indústria naval, os visitantes da 3ª Feira do Polo Naval RS em Rio Grande, no sul gaúcho, tem mais uma atração. Um laboratório móvel é o destaque no estande da empresa SGS. A proposta é demonstrar as atividades que serão realizadas na nova estrutura, prestes a ser inaugurada na cidade.O investimento está pronto, aguardando apenas o aval do Inmetro para entrar em funcionamento. Nele, serão desenvolvidos os testes de pressão, temperatura, dimensional e de válvulas – atividades fundamentais nos estaleiros implantados no porto gaúcho. No estande, estão microscópios que verificam a qualidade da solda e equipamentos que inspecionam os elementos químicos das estruturas metálicas. Eles foram usados, por exemplo, durante a obra da plataforma P-58.

    Em Rio Grande, a SGS emprega 350 trabalhadores. Ainda este ano, o número vai passar para 500 oportunidades diretas como forma de atender a demanda, principalmente do estaleiro Ecovix, responsável pela construção dos oito cascos replicantes de plataformas que vão explorar a camada do pré-sal. – Hoje, estamos prestando serviço na área naval,  mas executamos muitos serviços no laboratório em Guarulhos (SP) porque aqui nós estamos aguardando a creditação do Inmetro. Mas, em breve, estaremos com 100% das atividades aqui em Rio Grande – afirma Márcio Freitas, diretor da área industrial da SGS.

    No Rio Grande do Sul, a SGS também mantem um laboratório em Esteio, voltado à demanda do setor metal-mecânico, fortalecido na Serra Gaúcha. São feitos testes de pressão, elétricos, temperatura, ensaio de volume e válvulas. Em Cabo de Santo Agostinho, no Pernambuco, a empresa mantém um laboratório semelhante ao de Rio Grande – com o acréscimo do laboratório metalúrgico, também montado para acompanhar o crescimento da indústria naval no Nordeste.

    No ano passado, a SGS adquiriu a Labmat, líder no fornecimento de serviços de ensaios e análises de materiais para o setor industrial do Brasil. Com 120 funcionários nos dois laboratórios – em Piracicaba e Guarulhos (SP) – a Labmat oferece serviços de inspeção, análises laboratoriais de materiais, metalografia, qualificação de processos de soldagem e soldadores, entre outros serviços especializados de engenharia.

    Na Feira do Polo Naval, uma das demonstrações são os testes para testar a resistência de cadeados e chaves, submetidos a rigorosos testes aferidos pela SGS. Outra atração é o laboratório que ficará exposto na entrada da Feira do Polo Naval. O veículo estará à disposição dos visitantes para conhecer a atuação da empresa no setor naval.O estande da SGS na Feira do Polo Naval está localizado no pavilhão 01, no número 52.

    Sobre a SGS

    Líder mundial em inspeções, certificações, testes e certificações, o grupo SGS foi fundado em 1878 e conta com mais de 75 mil funcionários e uma rede com mais de 1,5 mil escritórios e laboratórios ao redor do mundo. No Brasil, a SGS está presente desde 1938 e conta com mais 30 escritórios, 20 laboratórios e mais de 3 mil colaboradores.

    Fonte: Assessoria




    Comentários