Tecon apresenta movimentação de cargas via cabotagem em maio de 2014

    Um dos principais terminais de contêineres da América Latina, o Tecon Rio Grande bateu em maio recorde na movimentação de cargas pela navegação de cabotagem. Foram 3.028 contêineres, alta de 25% sobre o mesmo período de 2013. No ano, o crescimento da circulação de mercadorias com outros portos do Brasil é de 7,7%.

    Os negócios foram puxados pelo arroz despachado para outras regiões do país. O grão correspondeu a 77% dos embarques. A utilização de navios para transportar o alimento para pontos distantes como São Luís (MA), Belém (PA) e Manaus (AM) também contribui para retirar caminhões das já saturadas estradas brasileiras.

    O diretor comercial do Tecon Rio Grande, Thierry Rios, avalia que o investimento de armadores na melhoria da frota é outro fator que contribui para o crescimento da cabotagem. Assim, diz o executivo, o Estado pode acompanhar o ritmo nacional de crescimento anual de 10% na movimentação de cargas entre os portos brasileiros.

    Fonte: Maria Isabel Hammes – Informe Econômico – Jornal Zero Hora. Fotografia: arquivo/CZS

     




    Comentários