Empresa de Pelotas será a única produtora de equipamento para hemodiálise da AL

    Uma parceria realizada entre o Laboratório Farmacêutico do Rio Grande do Sul (Lafergs) e a empresa Lifemed, situada no Distrito Industrial de Pelotas, fará da cidade a única da América Latina a fabricar filtros de hemodiálise. Os equipamentos serão desenvolvidos e montados na planta industrial localizada na cidade e adquiridos pelo governo federal para uso no Sistema Único de Saúde (SUS).

    A Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) prevê a fabricação de 80 mil dialisadores por mês, suficiente para suprir um terço da demanda do SUS. Atualmente todos os insumos desse tipo são importados pelo Ministério da Saúde de apenas quatro empresas da Europa e Ásia, únicos produtores mundiais.

    A nacionalização da produção, em Pelotas, além de facilitar o acesso ao tratamento e ampliar a expectativa de vida dos pacientes, também representa uma economia de cerca de R$ 60 milhões aos cofres públicos.

    O processo de fabricação será compartilhado entre Lifemed e Lafergs, fazendo com que em um prazo de cinco anos haja transferência de conhecimento entre a empresa e o laboratório. Caberá ao laboratório, transformado em empresa pública do Estado, repassar os materiais ao Ministério da Saúde.

    Dividido em duas etapas, o processo prevê o início ainda no começo de 2015 da montagem dos filtros a partir da matéria-prima importada. No segundo momento tudo será realizado pela indústria e o laboratório, desde a fabricação até a montagem, chegando a produzir até um milhão de equipamentos por ano, projetou o diretor-presidente Franco Pallamolla, em entrevista ao jornal local Diário Popular.




    Comentários