Campanha: novos azeites serão lançados em setembro

    Sob a supervisão do norte-americano Paul Vossen, especialista em azeites da Universidade da Califórnia, com 33 anos de experiência, a Fazenda Guarda Velha, em Pinheiro Machado, preparou os dois blends (misturas de varietais) de azeites de oliva que vai colocar no mercado, em setembro, com a marca Azeite Batalha, elaborado com azeitonas do olival que o empresário Luiz Eduardo Batalha plantou, em outubro de 2010, e já fez a primeira colheita em março deste ano.

    O americano foi contratado para dizer qual a combinação das 12 variedades plantadas dará o melhor azeite desta primeira safra e fez isso durante o dia e a noite de sábado, dia 16. Os detalhes não foram divulgados, mas, basicamente, foram usadas as variedades arbequina, colatina e picual. Batalha exigiu um azeite suave, para uso em saladas, e outro forte, picante. Os primeiros a provarem foram o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Cláudio Fioreze, e o ex-secretário Luiz Fernando Mainardi.

    À noite, Batalha ofereceu um jantar, na Fazenda Guarda Velha, para vários empresários de Pinheiro Machado, Candiota e Bagé, interessados em investir em oliveiras, e Vossen falou sobre o mercado mundial, dizendo que é francamente comprador de azeites, e sobre o que viu no Rio Grande do Sul, garantindo que “este lugar pode ser muito interessante para plantio de oliveiras e produção de azeites”. Batalha já tem 200 hectares produzindo e está plantando, no momento, mais 130 hectares de olivais.

    Fonte: Danilo Ucha – Painel Econômico – Jornal do Comércio




    Comentários