“Caminhos da Zona Sul” sob nova coordenação

    O Caminhos da Zona Sul foi fundado em maio/2012, inicialmente como um hobby, haja vista que há muito tempo eu (Marcelo Karam Nogueira) idealizava um espaço onde pudesse compartilhar informações, notícias, opiniões, fotos e vídeos sobre a região de Pelotas e Rio Grande. Utilizando o formato de blog, e mesmo sem grande divulgação, logo começou a receber o acesso de um grande número de pessoas, de várias localidades.

    Costumo dizer que, como gosto muito de falar sobre economia, investimentos, etc. (as pessoas que convivem comigo sabem bem disso), criei o Caminhos da Zona Sul como um lugar (virtual) para eu compartilhar as informações que obtinha e escrever o que estivesse pensando, mesmo que ninguém acessasse. Ainda que eu ficasse “falando” sozinho, valeria a pena. Também por isso, assim que lancei o site não comentei com mais do que cinco pessoas sobre o surgimento dele. Qual não foi a minha surpresa ao ver os números de acesso, “curtidas” no Facebook, assinantes da newsletter e contatos recebidos crescerem rapidamente – mesmo sem divulgação?

    Inicialmente o Caminhos da Zona Sul estava apoiado sobre um tripé bem definido: notícias – observações – opinião. Com o passar do tempo, ampliei a área de atuação dos assuntos abordados. Através da seção “nova economia”, comecei a relatar o cenário das áreas de TI, vinicultura, turismo histórico e agricultura (especialmente em relação a ampliação das áreas de soja na região). Além disso, busquei dar ênfase as empresas da região, independente do tamanho, que criaram coisas novas e/ou alcançaram relevância em outros mercados.

    Deu certo, sem nenhuma divulgação o Caminhos chegou a ter quase 500 assinantes do boletim diário via e-mail, 4000 “curtir” no Facebook e em média 500 acessos/dia.

    De uns tempos pra cá outras atividades profissionais vem, cada vez mais, tomando o meu tempo, quem acompanha o Caminhos há algum tempo deve ter observado que as postagens tornaram-se menos frequentes, e grande parte delas passou a ser baseada em outros veículos de comunicação, ao contrário da grande produção de conteúdo vista nos primórdios do site.

    Diante disso, tomei a decisão de passar o Caminhos para um profissional da área, alguém que possa se dedicar ao site como eu me dediquei durante os primeiros três anos. Então, desde a semana passada o site passou para a administração do apresentador e repórter da Rádio da Universidade Católica de Pelotas Paulo Gastal Neto. A partir de hoje estou me afastando das atividades do site. Gastal tem 26 anos de experiência profissional, com transmissões nacionais e internacionais. Dedica-se atualmente a editoria de agronegócios da Rádio Universidade e transfere a pauta envolvendo economia, política e negócios do site Panorama Pelotas (www.pgneto.blogspot.com) para o Caminhos da Zona Sul.

    Por fim, gostaria de agradecer muito as pessoas que de alguma forma participaram do Caminhos, desde a sua gestação até os últimos dias. As pessoas que conviviam comigo de forma mais próxima durante esse período sabiam da satisfação com que falava disso e do quanto me sentia motivado a diariamente escrever aqui. Sempre fiquei muito contente ao receber contato, informações, opiniões, fotos e vídeos dos leitores, e cito alguns a seguir: Jorge Alberto Martinez-Lopes, Rafael Lopes, Thiago Braga Freire, Moisés Fernandes, Rafael Kubaski, Nevile Przybylski, João Luís Cunha, Eugenio Lumertz, Mauricio Mata, Bruno Domingues, Eduardo Kornowski, Cristian, Ricardo, Rodrigo de Aguiar (Blog Busologia Papareia), Anderson Anthonisen, Diego Balinhas, Hector Peres Dias, Fábio, Othavio Cardoso, Rafael, Cristiano Almeida, entre outros.

    Também gostaria de lembrar do pessoal das assessorias de imprensa e os jornalistas com quem mantive contato, sempre atenciosos, especialmente Tyele Dias Antonacci, Michelle Rossettini, Claucio Brião, Márcio Daudt, Giane Heidrich Guerra e Jocimar Farina.

    Abraços e até qualquer hora. :)

    Marcelo Karam Nogueira




    Comentários