FENADOCE 2015 ENCERRA COM MAIS DE 294 MIL VISITANTES

    fenadoce3

    A Fenadoce 2015 encerra neste domingo 14 de junho, depois de 19 dias de intensas atividades no Centro de Eventos, em Pelotas/RS. Foram mais de 294 mil visitantes até às 17h de hoje, com uma projeção de crescimento de 4.5% em relação ao ano passado. Até sábado, 13, foram dois milhões e 300 mil doces vendidos na Cidade do Doce. 

    “Transformar a Fenadoce em realidade sempre é um grande desafio e um trabalho de equipe muito intenso. Este ano o desafio foi ainda maior, pela grandiosidade das inovações que trouxemos como o Festival de Gastronomia e as ações digitais, como o Museu do Videogame e os aplicativos e games. Considero que nosso grande objetivo de se aproximar da comunidade pelotense e renovar as atrações para visitantes e turistas foi conquistado, além de mantermos a valorização da arte e da cultura regional com as ações do Festival Doce Cultura. Os tradicionais doces pelotenses seguiram no seu lugar de destaque, já que eles são a razão da existência da feira. Os números da venda de doces comprovam isso. Todos saíram daqui com um sorriso no rosto e com a vida um pouco mais doce”, avalia Michele de Lima, Gerente da Fenadoce.

    Maria Helena Lubke Jeske, presidente da Associação dos Produtores de Doces de Pelotas, comemora a venda de doces deste ano. “Batemos todos os nossos recordes. Com certeza foi uma das melhores feiras dos últimos tempos em termos de venda. Estamos muito satisfeitos”, afirmou. O doce mais vendido este ano foi, novamente, o quindim, seguido do bem-casado, ninho e trouxinha de nozes.

    Até sexta-feira, 19 de junho, a CDL Pelotas, organizadora da feria, irá divulgar novos dados consolidados até o horário de fechamento da bilheteria neste domingo, com expectativa de geração de negócios.

    A Fenadoce 2015 contou com as seguintes empresas patrocinadoras: Petrobras; Net; Sicredi; Delta Sul; Banrisul; Caixa Econômica Federal, Ecosul, Vonpar, Coca-Cola e apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas.

    Confira o resultado do Concurso Doce Destaque

    Na tarde de domingo (14), a corte da 23ᵃ Fenadoce fez a entrega dos prêmios Destaque Expositor para as 11 seções da feira. Todos os agraciados foram fotografados e receberam placas de premiação neste último dia de Fenadoce 2015. Confira os ganhadores: www.fenadoce.com.br/noticia/expositores-destaque-da-fenadoce-2015-43a7fc64-fdec-4ad2-9cb2-044f65cb4e38

    Festival de Gastronomia Fenadoce promoveu reencontro com a gastronomia de Pelotas 

    O Festival de Gastronomia Fenadoce foi um dos destaques da feira deste ano com mais de cem ações que promoveram a valorização da culinária local. Estiveram na cidade 28 chefs estaduais e nacionais, que se uniam a chefs locais em diversas ações. No Centro de Eventos, O Fórum Gastronômico recebeu 21 aulas show, 33 palestras, degustações orientadas e a Feira de Agricultura Familiar. O Fenadoce na Cidade levou as ações para mais perto da comunidade. Nove escolas públicas e 11 comunidades receberam chefs que orientaram as merendeiras sobre o melhor aproveitamento do alimento. O Comida de Rua contou com mais de 4 mil pessoas na Estação Férrea de Pelotas e o Museu do Doce ofereceu oficinas, filmes, exposições e visitas guiadas.

    “O Festival conseguiu divulgar com amplitude seus dois objetivos centrais de valorizar o patrimônio cultural alimentar de Pelotas e valorizar os produtos locais, além de unir um conjunto de entidades em torno da gastronomia. E como a isso ainda a discussão do papel da gastronomia na saúde, com conversas em postos de saúde e hospital, com nutricionistas”, avalia Jussara Dutra, Coordenadora do Festival.

    O Circuito de Restaurantes foi outra novidade, que reuniu 21 estabelecimentos que estão oferecendo até o final do mês de junho pratos especiais, no formato de combo, com bebida e doce fino de Pelotas. “O Circuito contribuiu para preparar o mercado para que Pelotas seja um destino de turismo gastronômico. A cidade tem uma diversidade muito interessante e os restaurantes precisam estar preparados para mostrar essa diversidade ao consumidor e turistas”, afirma Jussara.

    Ela destaca ainda o Chef na Escola, ação foi abraçada pela comunidade e que pode ser continuada, pois uniu chefs de renome nacional com chefs locais. “Não só emocionou todo mundo, mas as pessoas se deram conta da importância da alimentação escolar como possibilidade de um processo de educação do paladar das crianças, na contramão dos produtos industrializados e do ato de se alimentar automatizado”, destaca. Destacou-se ainda, na programação, seis Jantares do Chef Convidado, que receberam nomes como Mônica Rangel e Regina Tchelly e promoveram o compartilhamento de saberes, a qualificação das equipes dos restaurantes locais e a oportunidade dos alunos de gastronomia terem aulas e ajudar esses chefs.

    O Festival de Gastronomia Fenadoce foi uma realização da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL Pelotas, promotor da Fenadoce, com  apoio de várias entidades como UCPEL, UFPel, Embrapa, Emater, Senac-RS, IFSul, Associação Comercial de Pelotas – ACP, Prefeitura de Pelotas, Abrasel, Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Pelotas, SEBRAE e Josapar, patrocinador master.

    Projeto Fenadoce Digital trouxe mais diversão e uniu gerações

    O Projeto Fenadoce Digital marcou uma nova etapa da feira, que entrou no mundo digital com o lançamento de games, aplicativo, ações de realidade aumentada, além do Museu do Videogame, atração inédita no Rio Grande do Sul que reuniu gerações para jogar os maiores clássicos a história dos videogames.

    O Aplicativo da feira teve mais de 3 mil acessos e os dois jogos de celular – Quindim Crush e Na Trilha do Doce, tiveram mais de 7 mil downloads nas duas lojas em que estão disponíveis, Android e IOS. Na ação de realidade aumentada, em que os visitantes podiam tirar fotos com a formiga mascote da feira, foram mais de 15 mil fotos, todas disponibilizadas no Facebook do evento. O site da feira teve nos seus 19 dias mais de 110 mil acessos a maior parte deles veio de dispositivos mobile como celular e tablet. Neste domingo, 14, ultimo dia da feira, um Concurso de Cosplay movimentou os corredores e o Museu do Videogame com 25 competidores.

    Daniel Medina Curi Hallal, Conselheiro Gestor do CDL Pelotas, comemora o sucesso do projeto, que vem sendo estudado há muito tempo. “Foi desafiador, de resultados surpreendentes de tão positivos, pela receptividade da população e dos visitantes. Mostra que a feira está no caminho certo. O Museu do Videogame, não tenho dúvidas, foi a parte mais visitada, inclusive com fila de espera nos portões durante a semana”, avalia.

    Em relação ao Museu, que esteve lotado durante toda da feira, Daniel destaca ainda o encontro de gerações promovido pela atração. “Pude observar muitos avós, pais e filhos se divertindo em torno de um mesmo jogo, ora se desafiando, ora colaborando, mas sempre todos muito felizes. Uma das coisas que mais me realizou como organizador do Fenadoce Digital foi ver a felicidade e o encantamento das pessoas“, completa.

    Festival Doce Cultura valorizou a produção artístico-cultural

    O Festival Doce Cultura 2015 contou com 176 apresentações de dança, circo, música, teatro, tradições gaúchas, exposições de artes e saraus literários nos 5 palcos e nos espaços de convivência da  Fenadoce. Foram 43 shows e apresentações de dança na Estância Princesa do Sul, 253 coreografias de dança, performances circenses e intervenções teatrais apresentadas.  O festival valorizou os artistas da região com apresentações de Arroio Grande, Canguçu, Canela, Capão do Leão, Cerrito, Herval, Morro Redondo, Pedras Altas, Pedro Osório, Pinheiro Machado, Piratini, Jaguarão, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande e Santa Vitória do Palmar.

    O Festival Doce Cultura foi apresentado pela Secretaria de Estado da Cultura e financiado pelo sistema ProCultura – Lei de Incentivo à Cultura  do RS. Ao longo da sua programação, oportunizou espaços para socialização da produção artístico-cultural da região sul do estado do RS e teve como objetivos a difusão e democratização da arte e da cultura em suas múltiplas expressões, consolidando o diálogo e a convergência entre arte, identidade e produção cultural, entretenimento e diversão, fortalecendo o compromisso de fomentar a produção artística.

    “Como uma grande festa para a celebração da Arte, o Festival doce Cultura colocou na vitrine o pensar e fazer arte dos municípios do RS e incentivou o desenvolvimento e o consumo cultural no Estado do RS, contribuindo para a formação de hábitos e expectativas culturais entre as diversas faixas etárias. A grande marca do evento foi a multiplicidade de linguagens artísticas, promovendo espaços para ampla programação, que incluiu a música, dança, teatro, circo, artes visuais, literatura, tradições gaúchas. Nesse sentido, o Festival integrou as produções artísticas e culturais dos municípios, tendo como principais valores a interação e participação do público, a democratização da cultura, a formação de plateias, a diversidade cultural, o acesso à cultura através de um evento que reuniu inúmeras formas de expressões artísticas e que se empenhou em transformar o Centro de Eventos Fenadoce num grande palco. Um evento artístico-cultural para todas as idades e todos os gostos”, avalia Adriane Silveira, Produtora Cultural do Festival.

    Adriane ressalta ainda que o Festival Doce Cultura, por meio dos recursos da LIC RS, tornou algumas produções artístico-culturais mais acessíveis a setores menos favorecidos da população, numa perspectiva democrática, humanista e antielitista, considerando que distribuiu, aproximadamente, 62.288 ingressos gratuitos ao Festival, bem como promoveu o acesso liberado à 23ª Fenadoce.




    Comentários