FENADOCE JÁ VENDEU 1 MILHÃO DE DOCES – RODADA DE NEGÓCIOS DO SEBRAE JÁ CONTA COM 60 EMPRESAS

    doces

    A Fenadoce 2015, que ocorre até 14 de junho, em Pelotas/RS, já vendeu um milhão de doces na Cidade do Doce, coração da feira, onde são oferecidos mais de 200 tipos de delícias com açúcar. Até o feriado de 4 de junho,122.600 mil pessoas passaram pelo Centro de Eventos, sendo 84 ônibus de excursões de diversas cidades do Rio Grande do Sul e de fora como Rio de Janeiro e Uruguai, e mais de dez mil alunos de escolas públicas e privadas.

    Para a organização da feira, o foco gastronômico está sendo um dos grandes destaques até o momento. “Estamos muito satisfeitos com a ampliação da gastronomia na Fenadoce. O Festival de Gastronomia está reunindo toda a cadeia produtiva, dos produtores aos restaurantes chegando até às pessoas. A nossa culinária regional é muito rica e precisa ser apresentada para o país. Com a presença de tantos chefs e ações nas comunidades estamos cumprindo esse papel. O doce é nosso grande legado, mas as pessoas também se surpreendem com toda a culinária local”, avalia Michele de Lima, Gerente da Fenadoce 2015.

    Além da gastronomia, a feira inovou em tecnologia, com Museu do Videogame Itinerante, atração inédita no RS, em que o público pode conhecer e jogar os maiores clássicos das ultimas décadas. A feira também entrou no mundo dos aplicativos com dois jogos temáticos: o Quindim Crush e Na Trilha do Doce, com download gratuito para android e IOS, app da feira e ações de realidade aumentada.

    A Fenadoce 2015 conta com as seguintes empresas patrocinadoras: Petrobras; Net; Sicredi; Delta Sul; Banrisul; Caixa Econômica Federal, Ecosul, Vonpar, Coca-Cola e apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas.

    Incentivo à gastronomia local é inspiração para pratos no Fórum Gastronômico

    O Fórum Gastronômico, evento que faz parte do Festival de Gastronomia da Fenadoce, recebeu às 14h a Aula Show da Coordenadora do Curso de Gastronomia da Unisinos, Ágata Morena de Britto. Ágata abordou em seu prato ideias de desenvolvimento da culinária regional. A professora utilizou como base de uma sobremesa a bergamota, fruto típico da região. Na sobremesa, que foi composta pela tradicional massa do Pastel de Santa Clara, Ágata fez um uso máximo do fruto. A bergamota foi base para uma geleia e, também, aromatizou o creme confeiteiro que ornava o prato. O uso de matérias-primas da região é um incentivo para a construção de uma gastronomia local forte e rentável.

    Aproveitando o ideal de gastronomia sustentável, o professor Rodolfo Meyer, da Feevale, também utilizou a bergamota como inspiração para uma sobremesa. O prato era centrado em uma folha de chocolate branco e, em sua composição, coco defumado, creme de limão e a mesma geleia de bergamota utilizada por Ágata. A ideia de Meyer é que, com ingredientes comuns, se explorem novas técnicas.

    O Festival de Gastronomia Fenadoce é uma realização da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL Pelotas, promotor da Fenadoce, e possui o apoio de várias entidades como UCPEL, UFPel, Embrapa, Emater, Senac-RS, IFSul, Associação Comercial de Pelotas – ACP, Prefeitura de Pelotas, Abrasel, Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Pelotas, SEBRAE e Josapar, patrocinador master.

    Palestras destacaram desenvolvimento regional 

    A Gastronomia e sua relação com o desenvolvimento regional foi o tema da palestra inicial de hoje, dentro da programação do Fórum Gastronômico, do Festival de Gastronomia. Os professores de gastronomia Roberto Nascimento (Unisinos), Adriana Bitello (Univattes) e Wagner Halmenschlager (UFPel) palestraram sobre o tema.

    Roberto Nascimento, professor da Unisinos, trouxe exemplos de regiões que desenvolveram turismo gastronômico a partir da culinária típica da região. Os exemplos do Vale dos Vinhedos, Quarta Colônia e Salvador foram usados para ilustrar a palestra. “O desenvolvimento da gastronomia regional precisa considerar os aspectos econômico, social e ambiental. A valorização das especificidades regionais é uma reação aos processos globais – que contam com o auxilio do preço baixo e da publicidade para a autopromoção. É necessário pensarmos e discutirmos formas para promover a gastronomia regionalmente”, afirmou. “A criação de um sistema regional de cooperação – com participação pública e privada – é importante para que se valorize as particularidades da gastronomia e dos produtos regionais, criando uma identidade regional e o sentimento de pertencimento que fortalece hábitos e costumes”, concluiu.

    Rodada de Negócios reunirá produtores e compradores dia 10 de junho

    Mais de 60 empresas já estão inscritas na Rodada de Negócios do Sebrae, que irá ocorrer no dia 10 de junho, no auditório do Centro de Eventos Fenadoce, das 13h às 18h. A rodada está inserida nas ações do Festival de Gastronomia Fenadoce, em parceria com a Emater e Embrapa. O objetivo é reunir compradores de meios de hospedagens e serviços de alimentação (hotéis, pousadas e restaurantes), com fornecedores de produtos e serviços e agricultores familiares da Costa Doce.

    A Rodada já é promovida anualmente pelo Sebrae em Pelotas mas, pela primeira vez, está sendo realizada na Fenadoce. Desde o ano passado, a agricultura familiar também foi inserida entre os fornecedores. “A gente vem identificando uma necessidade de aproximar os empreendedores da agricultura familiar dos hotéis e restaurantes. É uma forma de fazer com que o produto regional chegue mais fresco na mesa do consumidor, pois isso melhora a logística e é bom para todos”, explica Jussara Cruz Argoud, Gerente da Regional Sul do Sebrae.

    Os produtores rurais do Rio Grande do Sul são responsáveis por grande parte da riqueza e desenvolvimento do estado. Ao fomentar a aproximação entre esses produtores e donos de restaurantes, o evento está colaborando para o surgimento de novas oportunidades e redes de negócios.

    Para os fornecedores ou compradores que ainda têm interesse em participar, mas não fizeram a inscrição prévia no site do Sebrae, Jussara informa que todos serão bem-vindos, a única diferença é que a empresa não estará no catálogo impresso e entregue para todos no dia do evento. “É muito importante que todos venham, troquem informações, se relacionem e tenham esse contato com a cadeia produtiva”, destaca.

    IFSUL promove oficinas na Fenadoce 2015

    O Campus Pelotas do Instituto Federal Sul-Riograndense (IFSul), através da Diretoria de Pesquisa e Extensão estará promovendo nos próximos dias, juntamente com a Coordenadoria dos Cursos de Design, oficinas gratuitas na Fenadoce 2015. A oficina de Estêncil – técnica de aplicação de desenho ou ilustração através de tinta em papel cortado ou perfurado – acontecerá nos dias 11, às 19h, e 14, às 15h. Já a oficina de História em Quadrinhos será no dia 12, às 19h. As duas serão ministradas pelo cartunista Wagner Passos. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no estande do IFSul na feira.

     




    Comentários