REESTRUTURAÇÃO DA UCPEL É DEBATIDA NO PALÁCIO PIRATINI

    ucpel casa civil

    Uma comitiva de Pelotas esteve em Porto Alegre nesta terça-feira (28) para apresentar proposta de revisão de uma operação da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) com o Banrisul. Em audiência com o secretário-chefe da Casa Civil, Márcio Biolchi, e a diretora administrativa do Banrisul, Suzana Flores Cogo, o reitor José Bachetini Júnior apresentou o processo de reestruturação da Universidade que tem hoje cerca de 5 mil alunos e mais de 40 mil egressos. Também apresentaram informações sobre os atendimentos feitos pelo hospital, que chegam a 110 mil por ano.

    Integrantes da comitiva de Pelotas solicitaram que o Banrisul, em contato com a diretoria da Universidade, avalie as possibilidades de revisão de um contrato entre as partes. A diretora Suzana Cogo prometeu avaliar, juntamente com técnicos da instituição, a proposta e suas alternativas.

    “Os temas que envolvem a Universidade mobilizam a cidade e a região pela sua importância para a comunidade”, disse o prefeito Eduardo Leite. O reitor da instituição ressaltou o plano estratégico adotado, para possibilitar a operação da UCPel e as melhorias necessárias, além de buscar alternativas para a situação financeira.

    “O que podemos garantir é boa vontade para a análise necessária e adequada pelo Banrisul, reconhecendo a importância que a UCPel tem para o Rio Grande do Sul e para o país”, disse o chefe da Casa Civil.

    Participaram ainda o arcebispo metropolitano Dom Jacinto Bergmann, o vereador Luiz Henrique Cordeiro Viana, o presidente do Sinpro RS, Amarildo Pedro Cenci, o diretor do Hospital Universitário São Francisco de Paula, Valdir Schaffer, além de representantes dos deputados federais Jerônimo Goergen e Giovane Cherini, de sindicatos, órgãos públicos municipais, Mitra, empresários, Corede Sul e Coordenadoria Regional de Educação.




    Comentários