GOVERNO DO ESTADO REALIZA SEMINÁRIOS NO JAPÃO

    1º dia- seminário Osaka - Divulgação AGDI

    SDECT e AGDI apresentam oportunidades a investidores e empresas

    Oportunidades de investimento no Rio Grande do Sul estão sendo apresentadas no Japão pela comitiva gaúcha que está na Ásia desde esta segunda-feira (16). O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, e o presidente da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), Álvaro Woiciechoski, participam de ciclo de palestras sobre o Brasil que já passou por Osaka e Tóquio e se encerra nesta quarta-feira em Nagoya.

    A participação do Estado na série de eventos decorre do acordo assinado em setembro com o Banco Tokyo-Mitsubishi, por ocasião do 18º Encontro CNI-Keindanren – o objetivo do convênio é somar esforços na atração de investimentos japoneses para o Rio Grande do Sul. O seminário teve ainda palestras do diretor e economista-chefe do Bradesco, Octávio de Barros, e do diretor do Banco Tokyo-Mitsubishi, Junsuke Koike. “Ambos se mostraram alinhados com a posição gaúcha de que o novo patamar cambial do Real frente às moedas dos países desenvolvidos gerará, a partir de 2017, novas oportunidades para investidores estrangeiros no país, tanto pela redução relativa do custo das inversões, quanto pela maior possibilidade de utilizar o Brasil como base de exportação para a América do Sul”, avalia Branco.

    A agenda nestes dois primeiros dias da comitiva, que conta também com técnicos da SDECT e da AGDI, incluiu ainda uma reunião com a fabricante de cabos Fujikura, que tem planta produtiva em Montenegro e estuda para os próximos anos um incremento de suas operações no Brasil. A cooperação do Estado com a embaixada brasileira no Japão também foi tema de agenda. Os setores produtivos saúde, automotivo e energias foram estabelecidos como prioritários nas iniciativas.

    A missão gaúcha à Ásia segue no Japão até o próximo final de semana. A partir de então, o presidente da AGDI comandará a delegação na segunda etapa da viagem, desta vez à China.




    Comentários