UFPEL VOLTA À ANTÁRTIDA COM PESQUISA DO PPG EM BIOTECNOLOGIA

    antartida

    A Universidade Federal de Pelotas volta a participar do projeto Pró-Antar, iniciativa que realiza pesquisas sobre o continente antártico, através de uma parceria dos professores Claudio Pereira e Márcia Mesko. As linhas de pequisa envolvidas são biotecnologia e química analítica.

    O projeto é uma colaboração que já dura cinco anos com o Instituto de Química da Universidade de São Paulo, coordenado pelo professor Pio Colepicolo. Nesta terça-feira (29), embarcará para a Antártida a estudante do programa de pós-graduação em Biotecnologia Bruna Silveira Pacheco. Durante um mês, a doutoranda fará monitoramento dos constituintes químicos das macroalgas, que tem grande influencia direta com o meio ambiente. Segundo os seus orientadores no PPGB, Claudio Pereira e Tiago Collares, o projeto é de extrema importância do ponto de vista estratégico para a ciência no país.

    Em 2014, outro estudante ligado ao projeto embarcou para o continente: Rodrigo Mendes realizou a atividade ligado ao programa de pós-graduação em Química.

    O projeto Pró-Antar tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério de Ciência e Tecnologia e Ministério do Meio Ambiente.




    Comentários