RUI BRIZOLARA ASSUME A AZONASUL

    azonasul foto

    O prefeito de Morro Redondo, Rui Brizolara (DEM), assumiu ontem a presidência da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) para a gestão 2016/2017. A eleição ocorreu sem disputas, através da aclamação unânime da chapa de consenso apresentada pelos prefeitos, com a participação de diversos partidos políticos. O evento foi realizado na sede da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), em Pelotas e contou com a participação de diversos prefeitos, vice-prefeitos e autoridades da zona sul do Estado.

    Rui Brizolara, que é prefeito reeleito em Morro Redondo e detentor do cargo durante 15 anos, declarou em seu discurso de apresentação estar orgulhoso em ter a oportunidade de assumir a liderança de uma importante entidade. “Estou assumindo o comando de uma associação que apresenta um vigor extraordinário. Assim, minha linha de trabalho buscará a continuidade de ações”, afirmou.

    O novo presidente ainda elencou como metas de sua gestão o trabalho político para o enfrentamento de um ano difícil economicamente e de muita tensão no municipalismo, em função do período eleitoral e fechamento de mandatos. Ele também citou que a nova gestão estará atentas às questões que envolvem a crise na saúde regional; os problemas acarretados com algumas prefeituras que romperam os contratos para a manutenção do transporte escolar com o governo estadual, em função da falta de recursos e a retomada da produção a pleno da Cooperativa Sul-Rio-Grandense de Laticínios (Cosulati).

    Ao cumprimentar seu antecessor, o prefeito de Pelotas, Eduardo Leite (PSDB), que ocupou a cadeira de presidente neste último ano, enalteceu o trabalho de coesão dos prefeitos fomentado pela última gestão e as ações realizadas em prol do fortalecimento do municipalismo, como a manifestação em defesa da redistribuição do bolo tributário, a defesa de pautas coletivas para pleitos nas esferas federal e estadual e a aproximação da entidade junto aos órgãos e entidades representativos do Estado e do país.

    Na oportunidade, os prefeitos também atualizaram informações sobre os pagamentos de repasses da saúde e sustentaram a campanha proposta pela Federação das Associação de Municípios do RS (Famurs) para  sensibilizar deputados federais e senadores para que aprovem, no Congresso, projetos de interesse dos municípios nos próximos meses, entre os quais, a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff ao item a Lei da Repatriação que garante a divisão com as Prefeituras e Estados da multa cobrada sobre os valores resgatados. A medida poderia representar um acréscimo de até R$ 24,5 bilhões para os cofres municipais, adiantou o prefeito Eduardo.

    O que é a Lei da Repatriação

    Sancionada no dia 13 de janeiro, a Lei 13.254 regulariza a volta para a economia brasileira de recursos que estavam no exterior até 31 de dezembro de 2014. Porém, a matéria não prevê a divisão desses valores com as prefeituras. Conforme a nova legislação, apenas o percentual de 15% sobre Imposto de Renda (IR) a incidir no montante repatriado será distribuído com os municípios. Por outro lado, a multa de 15% sobre o mesmo valor não será partilhada com as prefeituras. Com isso, os municípios deixam de receber 50% dos recursos.

    O presidente eleito 

    Natural de Morro Redondo, o comerciário Rui Valdir Otto Brizolara, 52 anos, dedica-se à política há mais de 28 anos. Filho de agricultores, ingressou na carreira política em 1988, quando concorreu a uma cadeira na Câmara Municipal de Vereadores, em decorrência da emancipação municipal. Representando o antigo PFL (Partido da Frente Liberal), atual DEM partido no qual permanece até hoje, elegeu-se como vereador em sua primeira candidatura, exercendo o mandato na legislatura 1989/1992. Após elegeu-se vice-prefeito e, em seguida prefeito, cumprindo até o final deste ano quatro mandatos. É casado e possui dois filhos.

    Nova Diretoria

    Presidente – Rui Brizolara (DEM) – Prefeito de Morro Redondo 

    1º vice – José Flávio Vieira (PP) – Prefeito de Cerrito

    2º vice – Ivan Scherdien (DEM) – Prefeito de Turuçu

    1º secretário – César de Brito (PT) – Prefeito de Pedro Osório

    2º secretário – Aline Torres de Freitas (PTB) – Prefeita de santana da boa vista

    1º tesoureiro – Claudio Vitoria (PDT) – Prefeito de capão do leão

    2º tesoureiro – João Trintin (PP) – Prefeito de Amaral Ferrador

     

    Conselho Fiscal

    Titulares

    José Felipe de Freira (PTB) – Prefeito de Pinheiro Machado

    Ildo Sallaberry (PP) – Prefeito de Herval

    José Cláudio Martins (PT) – Prefeito de Jaguarão

     

    Suplentes

    Luiz Carlos Folador (PT) – Prefeito de Candiota

    Eduardo Morrone (PT) – Prefeito de Santa Vitória do Palmar

    Vilso Gomes (PSDB) – Prefeito de Piratini




    Comentários