GOVERNO DO ESTADO NEGOCIA REPASSE DE ÁREAS DA CESA PARA ABATER DÍVIDA COM A UNIÃO

    As propriedades da Cesa passam para famílias de trabalhadores rurais cadastrados no Programa Nacional de Reforma Agrária, do Incra LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/DIVULGAÇÃO/JC

     

    Um termo de compromisso iniciou as negociações entre o Governo do Estado e a União para a aquisição de imóveis pertencentes ao Estado. São propriedades da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) para serem usadas no assentamento de famílias de trabalhadores rurais cadastrados no Programa Nacional de Reforma Agrária, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).
    Os terrenos ficam nos municípios de Cruz Alta e Vitória das Missões e correspondem a 243 hectares. Eles serão abatidos do valor da dívida do Estado com a União. O anúncio foi feito em solenidade no Palácio Piratini com a presença do governador José Ivo Sartori e dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha; do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; e da Saúde, João Magalhães Barros.
    Segundo o ministro Padilha, as duas áreas ainda não têm valor definido e serão avaliadas por técnicos e analisadas levando em conta o valor de mercado. O ministro elogiou a atitude do governador Sartori.
    “Em um gesto de desprendimento e muita responsabilidade para com as contas públicas do Governo do Estado decidiu entregar para o nosso Incra duas áreas de terra que serão submetidas a valorização conforme os valores de mercado, mas o mais importante é que este valor será abatido na dívida do Estado. Mostra que o Sartori está fazendo a sua parte e é uma sinalização muito importante para a sociedade”, garantiu Padilha.



    Comentários