PROJETO DO SEBRAE/RS FORTALECE NEGÓCIOS QUE GERAM IMPACTO SOCIAL

    SEBRAE

    Iniciativa que vai apresentar métodos inovadores para o desenvolvimento dessas empresas têm inscrições abertas até o dia 14 de agosto

    Porto Alegre – Um novo nicho empresarial está em ascensão e o SEBRAE/RS vai ajudar na evolução desse ecossistema. São os Negócios de Impacto Social, que geram soluções inovadoras para problemas socioambientais, mas que também têm fins lucrativos. É para esse foco que foi criado o Programa AGIR – Aceleração e Geração de Impacto Social no RS, uma iniciativa do SEBRAE/RS para profissionalizar os empreendedores para a gestão estratégica, a parte financeira e para fortalecer o impacto social dos seus negócios. O programa contará com workshops e consultorias individuais para fornecer conselhos e apoio aos processos de desenvolvimento das empresas. O edital está disponível no link AGIR (https://sementenegocios.typeform.com/to/DNM4au) e as micro e pequenas empresas (MPEs) interessadas em participar podem realizar inscrição até o dia 14 de agosto. São 15 vagas disponíveis para MPEs de todo o Estado.

    A gestora do Programa AGIR pelo SEBRAE/RS, Lucimara Miceli, explica que a iniciativa foi criada pensando neste novo perfil empresarial e modelo de empresa. “São negócios que estão em ascensão no Brasil e no mundo, que nascem a partir de propostas para resolver problemas socioambientais de maneira eficiente, viável e eficaz”, conceitua. São empresas que atuam em segmentos como água, energia, saneamento básico, saúde, acesso a serviços financeiros, agricultura, tecnologia e mobilidade urbana, entre outros, que buscam atuar nas falhas sociais e ambientais com o intuito de ajudar a resolvê-las. “A diferença dos Negócios Sociais ou empresas do setor 2.5 (dois e meio) com relação às empresas convencionais é que elas possuem em seu core business o impacto social como principal atividade e não como uma ação pontual ou complementar”, explica.

    O AGIR é um programa que será desenvolvido ao longo de seis meses com uma metodologia inovadora, o Caminho Empreendedor. Os conteúdos são baseados nos conceitos do Lean Startup, com capacitações voltadas para o entendimento dos negócios sociais no Brasil e no mundo, na identificação das necessidades reais dos seus potenciais clientes, elaboração de testes de mercados realizando diálogos reais entre empreendedor e seus possíveis clientes e beneficiários, incentivo para que os empreendedores encontrem e testem novos canais de vendas e modelos de distribuição, mensuração e geração de impactos sociais criando indicadores e apresentação de diferentes modalidades de financiamento e de capital de risco para negócios sociais. Além disso, serão realizadas 20h de consultorias individuais que serão realizadas de forma presencial e a distância. Ao final do programa será realizado um fórum de negócios de impactos sociais no qual os empreendedores serão convidados a apresentarem seus projetos a investidores e outros atores do ecossistema.

    Ao final do programa, nosso objetivo “é que as empresas capacitadas possam profissionalizar a gestão dos seus negócios, avaliando ganhos financeiros e compreendendo como mensurar o impacto gerado por sua empresa. E ainda, acessar métodos inovadores, incentivando a troca de informações e compartilhando ideias”, resume a gestora.

    Mais informações podem ser solicitadas pela Central de Relacionamento SEBRAE (0800-570-0800) ou pelas unidades regionais de atendimento do SEBRAE/RS.




    Comentários