DIREÇÃO DOS PORTOS DO RS PARTICIPAM DE ENCONTRO EM BRASÍLIA

    Brasília 05/09/2016 O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário Osmar Terra em reunião com Claudio Oliveira Diretor do Porto de Pelotas RS, Janir Branco Diretor Superintendente do Porto do Rio Grande RS e Bruno Gonçalves Almeida da Divisão do Porto de Porto Alegre RS no gabinete do ministério em Brasília. Foto: Patrick Grosner/MDSA

    Brasília 05/09/2016
    O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário Osmar Terra em reunião com Claudio Oliveira Diretor do Porto de Pelotas RS, Janir Branco Diretor Superintendente do Porto do Rio Grande RS e Bruno Gonçalves Almeida da Divisão do Porto de Porto Alegre RS no gabinete do ministério em Brasília.
    Foto: Patrick Grosner/MDSA

    O diretor-superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco, acompanhado do diretor-superintendente do Porto de Pelotas, Cláudio Oliveira e os chefes de divisão da Superintendência de Portos e Hidrovias estiveram em Brasília, onde participaram de evento que reuniu as principais lideranças dos portos brasileiros. Entre uma atividade e outra, fizeram contatos com os novos integrantes do governo federal para estreitar relações e apresentar as potencialidades da Região Sul.

    No final da tarde da última segunda-feira (5), houve uma reunião com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. Os diretores portuários do sul apresentaram ao ministro os trabalhos que se desenvolvem e que potencializam a geração de emprego e renda principalmente nos municípios de Rio Grande e Pelotas. Foram tratados assuntos como o aumento da movimentação de celulose no Porto do Rio Grande e a reestruturação da região do Porto de Pelotas.

    O ministro Osmar Terra salientou as diretrizes do governo Temer que trabalha com foco na recuperação da economia e na garantia dos direitos sociais dos brasileiros. O ministro garantiu que levará ao conhecimento do presidente da República o trabalho desenvolvido na Região Sul no âmbito logístico para somar forças aos estudos de recursos para os projetos no Rio Grande do Sul.




    Comentários