SURGE POSSIBILIDADE DE INCLUSÃO DE RECURSOS PARA OBRAS DA BR 116 NO ORÇAMENTO DE 2017

    A duplicação e conclusão das obras da BR-116, no trecho Guaíba/Pelotas motivou reunião do deputado federal Afonso Hamm com presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. 

    O deputado federal do Rio Grande do Sul, Afonso Hamm-PP reivindicou a viabilização de mais recursos para esta obra na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, tendo em vista que o valor provisionado  é de R$ 51 milhões e 170 mil, que são insuficientes para adequação do trecho e a concretização da obra. Também é necessário incluir recursos no orçamento para o contorno de Pelotas, que também passa pela BR 392 e que não tem previsão orçamentária. Atualmente, 87% da obra está concluída. Hamm também conversou com o engenheiro Vladimir Casa, que tem trabalhado intensamente para a conclusão dessa obra.

    Reunião

    O presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, Arthur Lira, tem gestionado intensamente a inclusão dos recursos no orçamento para esta importante obra para o Estado, segundo o deputado Hamm que representa a região no Congresso Nacional. Lira anunciou que o assunto também será tratado junto com o relator geral do orçamento, senador Eduardo Braga e o Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella. “Estamos defendendo a tese do deputado e esperamos que esta obra, que está com mais de 87% de execução, tenha conclusão satisfatória”, argumenta Hamm ao destacar que esta obra é de extrema importância e estamos reivindicando também o trecho do contorno que agrega a BR 392, de acesso ao porto do Rio Grande e que precisa de recursos e que tem problemas técnicos que não está contemplado no orçamento.

    Hamm comenta que estão buscando aumentar os recursos no orçamento de 2017, tendo em vista que é uma obra estratégica para viabilizar melhor fluxo dos veículos e com o propósito de garantir mais segurança na estrada. “Teremos mais desdobramentos junto com o presidente, Artur Lira, para sensibilizar o relator e o governo federal para sensibilizá-los e concluirmos com maior brevidade esta obra”, complementa.




    Comentários