ESPECIAL DE DOMINGO: GOVERNO DO ESTADO LANÇA INVEST-RS

    O governo do Estado lançou na última quarta-feira (22), no Palácio Piratini, o InvestRS, um programa para atrair novos investimentos e promover o desenvolvimento econômico e tecnológico do Rio Grande do Sul. O InvestRS estimula novos empreendimentos nos setores com potencial estratégico para o estado, como automotivo, energias renováveis, cadeias e sistemas agroindustriais e alimentares, defesa e segurança, tecnologia da informação, indústria oceânica, saúde avançada, transportes, logística e mobilidade urbana e startups.

    O InvestRS promove, pela primeira vez, o alinhamento entre os setores público e privado, com a troca e a unificação das informações. A intenção é articular ações conjuntas para inserir o Rio Grande do Sul no mapa dos investidores nacionais e internacionais. A parceria foi formalizada por meio de um acordo de cooperação, assinado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), Fábio Branco e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Heitor José Müller.

    “O lançamento do InvestRS tem duas dimensões. Buscar investimentos para o desenvolvimento econômico e tecnológico e firmar uma parceria para o crescimento. Investimentos dependem de informações precisas, facilmente disponíveis, como o que estamos construindo. Esses dados devem ser produzidos em conjunto. Sozinho, o Estado não pode tudo”, afirmou o governador José Ivo Sartori.

    O governador ressaltou que cabe ao poder público contribuir para que esse investimento se multiplique em oportunidades de negócios, para os empresários gaúchos. Para Sartori, o InvestRS é um passo importante para o desenvolvimento. “Nós estamos lutando por um regime de recuperação fiscal, que seja justo e sustentável, para que tenhamos capacidade de investir nas áreas essenciais”, enfatizou.

    O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, ressaltou a importância do programa e o porquê do lançando do InvestRS neste momento. “Não é só agora que estamos fazendo isto. Na verdade, teve todo um tempo de preparação e o anúncio foi no tempo certo, para não criar falsas expectativas. E também no tempo certo para que possa dar mais resultado em um momento que se vê indícios de recuperação da economia”, explicou.

    O presidente da Fiergs, Heitor Müller, defendeu a estratégia de parceria público-privada, como o InvestRS, na construção de ações conjuntas para a atração de investimentos e a retomada do crescimento do estado. “A indústria gaúcha está com capacidade ociosa e pode crescer rapidamente”, completou.

    Na mesma linha, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil – Alemanha, Everson Oppermann, expressou simpatia à iniciativa e disse que ela veio no momento certo, “em que o governo Trump (dos Estados Unidos) se posiciona de forma protecionista e o Brexit, a saída do Reino Unido da União Européia, é formalizado. O mercado comum europeu tem enorme liquidez de capital e juros negativos. Neste cenário, o Brasil será uma das economias beneficiadas”, afirmou.

    O programa

    O Rio Grande do Sul é apresentado pelo InvestRS como porta de entrada para a América do Sul, explorando a localização estratégica, a indústria diversificada, a economia internacionalizada, a mão de obra qualificada, a infraestrutura e a qualidade de vida como diferenciais do estado. Todas as informações para auxiliar o investidor são fornecidas por uma equipe multidisciplinar e pelo portal InvestRS (http://www.investrs.com.br). A ferramenta digital é voltada para o mundo dos negócios internacionais, com linguagem profissional, ágil e direta. São parceiros do programa além da FIERGS, o Sistema Farsul, Fecomércio RS, Federasul, SEBRAE e PROCERGS.

    Quando a ideia de investimento se transforma em projeto, a negociação vai para a Sala do Investidor, onde o empreendedor recebe atendimento físico ou virtual e conhece as vantagens oferecidas pelo Rio Grande do Sul para implantação ou ampliação do seu empreendimento. Cada projeto tem um gerente, responsável pela interlocução entre o empreendedor e os demais atores públicos e privados.




    Comentários