A INOVAÇÃO NO MERCADO DA LOJA COMPARTILHADA

    Do DIÁRIO POPULAR – Por: Maria da Graça Marques

    Novo modelo compartilha a área de venda, oferecendo mix variado de produtos, mas com custo menor para pequenos empreendedores , principalmente artesãos e prestadores de serviços

    Diversas sugestões à venda mostram o potencial de artesãos, artistas e designers

    Dos 60 espaços disponibilizados, 48 já estão locados, segundo o proprietário da Dekorart Colaborativa, Cláudio Soares, que explica: é um novo modelo de loja que compartilha a área de venda, oferecendo mix variado de produtos, mas com custo menor para pequenos empreendedores estabelecidos no local, principalmente artesãos e prestadores de serviços.

    Fabiana Mendonça, há um ano formada em designer, que trabalha com encadernação, vendia antes a sua produção apenas pelas redes sociais. “Esta é uma loja física”, explica Fabiana. Além da credibilidade que proporciona, com a exposição das peças, a loja colaborativa oferece também nota fiscal e venda através dos cartão.

    De segunda a sexta-feira, a Dekorart Colaborativa funciona das 8h30min ao meio-dia e das 14h às 19h, mas aos sábados, apenas até as 17h, na rua Antônio dos Anjos, entre General Osório e Marechal Deodoro. Inaugurada na segunda-feira, mantém descontos de 20% para os primeiros clientes. Dentro do variado mix de produtos, existem as opções de presentes a partir de R$ 10,00.

    Mas, afinal, o que mesmo é uma loja colaborativa ou compartilhada? O termo é novo, segundo Soares, mas surgiu há uma década, como um modelo econômico inovador. As lojas colaborativas, explica Soares, buscam o compartilhamento de espaços e também de custos, reunindo diversas pessoas com aptidões diferentes, para a comercialização de produtos e serviços.

    De acordo com o proprietário, a Dekorart, que há 19 anos comercializa produtos para a confecção de artesanato e oferece cursos para os artesãos, conhece as dificuldades que eles têm para sobreviver no mercado. Esta foi uma justificativa para colocar em prática o conceito de loja colaborativa, como forma de fomentar o mercado local de artesanato. Na Dekorart Colaborativa, o custo de cada espaço varia entre R$ 40,00 e R$ 150,00.




    Comentários