NOVA SUPERINTENDENTE DO HOSPITAL ESCOLA DE PELOTAS É EMPOSSADA PELO PRESIDENTE DA EBSERH

    O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) tem uma nova superintendente. Vera Maria Freitas da Silveira foi empossada, na última terça-feira (23), por Kleber Morais, presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC) que administra a unidade em parceria com a universidade.

    Kleber Morais parabenizou a nova gestora e destacou a importância do HE para a população de Pelotas. “É fundamental a parceria entre Ebserh, Universidade e a Prefeitura Municipal para a população da cidade, uma vez que o HE é o único que atende totalmente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), além de ter a importante função de formar profissionais na área da saúde”, salientou o presidente.

    Vera é médica endocrinologista formada pela UFPel, com mestrado e doutorado em Epidemiologia. Professora desde 1992 na universidade, ela foi a primeira diretora mulher da Faculdade de Medicina da UFPel, criadora e responsável técnica pelo Centro de Diabetes e Hipertensão de Pelotas. “Sempre me dediquei ao ensino, pesquisa e extensão e agora chegou a hora de enfrentar novos desafios” destacou.

    Segundo a superintendente, em sua gestão haverá maior aproximação com a universidade, além de entender as dificuldades por que passam os trabalhadores do hospital. “Temos compromisso com a assistência à saúde juntamente com o ensino e a pesquisa. Por isso, é importante ter um ambiente sadio de trabalho e ter as necessidades ouvidas.  Esse é o princípio de acolhimento”, estabeleceu Vera.

    A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, desejou sucesso, serenidade e força para a superintendente liderar a equipe do hospital. “Devido aos grandes desafios na saúde pública, devemos trabalhar de forma unida e propositiva, em busca do interesse público”, afirmou a chefe do Executivo Municipal.

    Para o reitor da UFPel, Pedro Hallal, o diferencial do HE está no ensino, pesquisa e extensão e deverá ser regido pelos princípios públicos de gestão. Hallal também cumprimentou a nova superintendente. “Depositamos total confiança na Vera para tocar o Hospital Escola. Ela fez uma excelente gestão na Faculdade de Medicina da universidade”, enfatizou o reitor.

    Obras

    Acompanhado do Diretor de Atenção à Saúde, Cláudio Saab, Kleber Morais visitou as obras do bloco 3, que abrigará o serviço de Oncologia da unidade, reconhecido pela excelência. O espaço, de 4.770 m², representa cerca de 10% do total do complexo hospitalar, que compreende, ainda, os blocos 1 e 2. Em sua totalidade, o novo HE deverá ter 360 leitos, dois mil trabalhadores e 44.370 m².

    O investimento total é de aproximadamente R$ 120 milhões, oriundos do MEC e do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitário Federais (Rehuf), gerido pela Ebserh. Kleber Morais receberá a nova superintendente, em Brasília, a fim de avaliar o apoio necessário para a continuidade das obras. Desde que foi criado, em 2010, já foram liberados mais de R$ 174 milhões para a unidade por meio do Rehuf.

    Sobre a Ebserh

    Desde outubro de 2014, o HE UFPel é filiado à Ebserh, estatal que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

    O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.




    Comentários