YARA CONTRATA FUNCIONÁRIOS PARA OBRAS EM RIO GRANDE

    Companhia vai inaugurar novos armazéns e plantas de granulação YARA/YARA/DIVULGAÇÃO/JC – Jornal do Comércio

    Com o início de uma nova etapa das obras de ampliação e modernização do complexo da indústria de fertilizantes Yara em Rio Grande, a empresa deu início ao processo de contratação de 200 trabalhadores. A multinacional norueguesa também começou o processo de especificação e compra de equipamentos mecânicos e de automação industrial para o complexo localizado no Distrito Industrial da cidade. As vagas são para os cargos de ajudante, carpinteiro, pedreiro, marteleiro, montador de andaime e operador de betoneiras. A seleção ocorrerá até o mês de julho no Sine de Rio Grande, na rua Mal. Floriano Peixoto, 248, Centro.

    A companhia investirá R$ 1,3 bilhão até 2020 na inauguração de novos armazéns, instalação de novas plantas de granulação, de acidulação e de ensacados (50kg) e big bags (1ton) totalmente automatizadas. O aporte aumentará a produção anual de fertilizantes de 750 mil toneladas para 1,3 milhão de toneladas anuais, além de ampliar a capacidade de distribuição no complexo, de 1,5 milhão para 2,6 milhões de toneladas. Ao final do projeto, de acordo com a Yara, o espaço será o maior parque de produção e de mistura da América Latina. A companhia prevê que no pico das obras serão criados 1,3 mil empregos diretos e cerca de três a quatro mil indiretos.

    Ao final da primeira fase, previsto no segundo semestre 2018, além de linhas de mistura e granulação, o polo vai contar com novas operações de ensaque 100% automatizadas, armazéns de fertilizantes e matérias-primas extras e com uma área logística para carregamentos e distribuição. A segunda fase do projeto será finalizada no segundo semestre de 2019, com a construção de mais um armazém, linhas misturadoras e de ensaque, além da unidade de acidulação. Já a terceira e última fase, com finalização em 2020, contemplará a automatização da unidade 3. O complexo também terá novos equipamentos utilitários para o processo industrial, nova área de descanso para os caminhoneiros, uma caldeira para produção de vapor e uma planta de tratamento de águas residuais.




    Comentários