CHINESES FECHAM ACORDO PARA ASSUMIR PROJETO DE ENERGIA DE R$ 3,3 BI NO RS

    Empreendimento prevê a construção de 1,9 mil quilômetros de linhas de transmissão e de sete novas subestações no Estado

    A empresa chinesa Shangai Eletric fechou um acordo preliminar com a Eletrosul para assumir os projetos de transmissão de energia no Rio Grande do Sul. A operação ocorrerá por meio da subsidiária Shanghai Electric Power Transmission and Distribution Engineering.

    O acordo foi divulgado ao mercado pela Eletrobras. O comunicado cita a transferência total dos projetos. A negociação com a empresa chinesa vinha ocorrendo há meses.

    O empreendimento foi assumido pela Eletrosul após leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2014. O investimento orçado foi de R$ 3,27 bilhões para a construção de 1,9 mil quilômetros de linhas de transmissão e de sete novas subestações, além da ampliação de 16 subestações existentes.

    No entanto, as obras estavam atrasadas. Em 2015, foi lançada uma chamada pública pela Eletrosul para a seleção de empresas interessadas em estabelecer uma parceria para a implementação dos empreendimentos.

    Segundo a Eletrobras, a próxima etapa das negociações deverá definir as condições detalhadas do negócio por meio de um acordo vinculativo — incluindo questões relacionadas ao cronograma de implementação e operação.

    A Shanghai Electric deve constituir uma Sociedade de Propósito Específico para a construção, operação e manutenção dos futuros empreendimentos. O acordo prevê a possibilidade de a Eletrosul deter até 25% de participação na SPE.




    Comentários