EMPREENDEDORISMO EM ALTA EM PELOTAS

     

     

     

    Pesquisa das Cidades Gaúchas, elaborada pelo SEBRAE/RS, revela aumento de Microempreendedores Individuais e também coloca o município entre os que possuem mais produtores rurais no Estado

    Pelotas – Terra de empreendedores no campo e na zona urbana. O Perfil das Cidades Gaúchas, produzido pelo SEBRAE/RS, reafirma a força empreendedora do mais importante município da Metade Sul do Estado. Pelotas está entre os cinco primeiros colocados em número de Microempreendedores Individuais (MEIs) e classifica-se como uma das dez cidades com maior número de produtores rurais no Rio Grande do Sul. Os dados fazem parte de uma publicação digital exclusiva, que compila 62 indicadores de 497 localidades. O material, organizado em gráficos e comparativos, está disponível no site www.sebrae-rs.com.br.

    A principal novidade deste ano na publicação digital é a inclusão dos indicadores do setor agrícola. Para o diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, as informações são essenciais para a competitividade de um Estado que têm na área rural uma de suas principais forças. “Os números tornam-se ainda mais interessantes quando se analisa a conjuntura atual de surpersafra de grãos, que deve injetar R$ 29 bilhões à economia gaúcha, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), referente a junho”, destaca. 

    Entre os rankings desse novo segmento, Pelotas se destaca em produtores rurais, com a sexta colocação registrando 3.776 produtores em 2017. Outro dado que chama a atenção entre as estatísticas agrícolas está ligado ao rendimento médio por hectare, que têm nove municípios da Serra Gaúcha na lista dos dez primeiros colocados. Os indicadores também apresentam itens sobre área plantada, valor total da produção e os municípios com maior criação de gado bovino, bubalino, ovinos, galináceos, entre outros.

    MEIs e Potencial de Consumo

    A tradição empreendedora do município também se reflete no aumento do número de Microempreendores Individuais, em um total de 13.414 MEIs até o mês de junho de 2017. “Pelotas tem a quarta colocação do Estado nesse porte de negócio e apresentou uma evolução de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior”, informa o gerente de Gestão Estratégica do SEBRAE/RS, André Campos, responsável pelo estudo. “A expansão pode ser uma decorrência da crise econômica, mas também reflete novas oportunidades de desenvolvimento para o município”, analisa.

    Pelotas também está bem posicionada no ranking de potencial de consumo. Segundo estimativa do IPCM Marketing, que integra o Perfil da Cidades Gaúchas do SEBRAE/RS, a cidade deve totalizar R$ 6,92 bilhões em consumo em 2017 e ficar entre as cinco mais bem colocadas do Estado nesse indicador.

    Confira alguns destaques do Perfil das Cidades Gaúchas, elaborado pelo SEBRAE/RS:

    Classificação

    Cidade

    Nº de produtores Rurais

    Canguçu

    9031

    São Lourenço do Sul

    4866

    Venâncio Aires

    4463

    Candelária

    4315

    Santa Cruz do Sul

    3797

    Pelotas

    3776

    Dom Feliciano

    3327

    Agudo

    3013

    São José do Norte

    2788

    10º

    Piratini

    2646

    Fonte: Secretaria Especial do Desenvolvimento Agrário
    SEBRAE Nacional/2016

    Quantidade de MEIs até 30/6/2017
    PosiçãoMunicípio

    Quantidade de MEIs

    %2017/2016

    Porto Alegre

    57506

    19,3

    Caxias do Sul

    21460

    15,7

    Canoas

    13610

    18,2

    Pelotas

    13414

    18,0

    Gravataí

    11441

    18,6

    Santa Maria

    10987

    14,5

    Novo Hamburgo

    10777

    14,7

    Viamão

    10739

    17,2

    Passo Fundo

    9768

    14,9

    10ºSão Leopoldo

    9434

    21,3

    11ºAlvorada

    8759

    16,0

    12ºRio Grande

    6977

    20,2

    13ºCachoeirinha

    5846

    19,2

    14ºBento Gonçalves

    5093

    15,6

    15ºSanta Cruz do Sul

    4872

    17,7

    16ºErechim

    4791

    14,1

    17ºSapucaia do Sul

    4503

    21,6

    18ºUruguaiana

    4376

    11,4

    19ºSantana do Livramento

    4325

    12,7

    20ºIjuí

    4054

    9,2

    Fonte: Receita Federal do Brasil

     

    Ranking de Potencial de Consumo (2017)

    PosiçãoLocalidade

    Potencial de consumo

    Porto Alegre

    R$ 48,13 bilhões

    Caxias do Sul

    R$ 16,34 bilhões

    Canoas

    R$ 9,14 bilhões

    Santa Maria

    R$ 7,08 bilhões

    Pelotas

    R$ 6,92 bilhões

    Gravataí

    R$ 6,65 bilhões

    Novo Hamburgo

    R$ 6,31 bilhões

    São Leopoldo

    R$ 6,05 bilhões

    Viamão

    R$ 5,87 bilhões

    10ºPasso Fundo

    R$ 5,60 bilhões

    11ºRio Grande

    R$ 4, 81 bilhões

    12ºAlvorada

    R$ 4,34 bilhões

    13ºBento Gonçalves

    R$ 3, 71 bilhões

    14ºSanta Cruz do Sul

    R$ 3,41 bilhões

    15ºSapucaia do Sul

    R$ 3,29 bilhões

    16ºCachoeirinha

    R$ 3,02 bilhões

    17ºErechim

    R$ 2,95 bilhões

    18ºGuaíba

    R$ 2,53 bilhões

    19ºLajeado

    R$ 2,46 bilhões

    20ºUruguaiana

    R$ 2,20 bilhões

    Fonte: Perfil das Cidades Gaúchas (SEBRAE/RS), com base em
    projeção de consumo para 2017 calculada pelo IPCM Marketing




    Comentários