GOVERNADOR VISITA O PORTO DE PELOTAS E ALMOÇA COM ALIANÇA RIO GRANDE E PELOTAS

    Com ingressos esgotados e confirmação de participação na comitiva oficial de, pelo menos, dois secretários estaduais, a Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) em parceria com as Alianças Pelotas e Rio Grande recebem ao meio-dia de hoje (25) o governador do Estado, José Ivo Sartori (PMDB), para apresentar a palestra: “O Rio Grande Saiu na Frente”. O evento ocorre a partir do meio-dia, durante reunião-almoço, no Tourist Executive Hotel. As adesões foram encerradas ontem à tarde e não haverá ingressos à venda na porta.

    Antes, às 10h30min, Sartori visitará o terminal de toras da Sagres Agenciamentos Maritimos, que presta serviços para a CMPC Celulose Riograndense, responsável pelo aumento significativo do movimento do porto local. O governador irá ver as operações acontecendo no cais do terminal privado do Porto de Pelotas, que é um trabalho construído juntamente com a iniciativa privada e o Governo do Estado.

    Sartori chegará no local do almoço 30 minutos antes do horário para atender a imprensa e participar das duas transmissões de rádio que estarão ocorrendo simultaneamente: através da Rádio Universidade e Rádio Pelotense. Em seguida, deverá entrar no salão principal do Tourist para as saudações dos promotores e entrega do documento regional reivindicatório, elaborado através das pautas setoriais encaminhadas pela iniciativa privada e pelas prefeituras 23 prefeituras da região.

    Conforme adianta o presidente da Azonasul, Favio Telis (PMDB), o documento aborda questões pertinentes a seis setores: saúde; infraestrutura e transporte; segurança pública; meio ambiente; receita e o pedido para apoio às ações de recuperação financeira da Cooperativa Sul-Rio-Grandense de Laticínios (Cosulati). “São pleitos que expressam os anseios  e as carências regionais pela falta de investimentos”, disse.

    Telis ainda antecipou que o quesito que mais mereceu atenção durante a redação do documento foi o que diz respeito à infraestrutura e transporte. Ele destacou a cobrança dos acessos asfálticos em estradas estaduais que dão acesso aos municípios, como os casos da RS 608, entre Pedras Altas e Pinheiro Machado; RS 354, único acesso ao municípios de Amaral Ferrador; RS 473, via Santa Isabel; conclusão da RS 734, entre Rio Grande e Cassino; RS 071, que interliga a zona de escoamento de produção entre os municípios de Pelotas, Capão do leão, Morro Redondo e Canguçu e a conclusão da RS 706, cuja obra parou faltando apenas três quilômetros de estrada para ligar o município de Cerrito &agrav e; BR 293.

    PRESENÇAS – A maioria dos gestores públicos da região e representantes de organizações da iniciativa privada estará presente no evento. A comitiva do governador também estará composta pelos secretários estaduais Fábio Branco, atual chefe da Casa Civil e Pedro Westphalen, dos Transportes.




    Comentários