MAIS UM GOLPE NO POLO NAVAL: SETENTA DEMISSÕES

    DO G1

    Cerca de setenta funcionários do estaleiro Ecovix, no Porto de Rio Grande, no sul do estado, foram demitidos na última sexta-feira (4). Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, o motivo não foi divulgado. Em dezembro do ano passado, a empresa já havia 3,2 mil funcionários. Desde lá, cerca de 200 trabalhadores seguiam atuando no canteiro de obras do estaleiro, realizando serviços de manutenção.

    O estaleiro é de propriedade da Ecovix, que faz parte da Engevix. Envolvida na Operação Lava Jato, a Ecovix teve diretores presos acusados de corrupção. No fim do ano passado, a Petrobras rompeu o contrato de R$ 10 bilhões com a empresa para fabricar cascos de plataformas. Com isso, a Ecovix entrou com pedido de recuperação judicial por dívidas que chegam a R$ 6 bilhões.

    A empresa tem o maior dique seco da América Latina e tenta atrair investidores para retomar as atividades. Em Rio Grande, o estaleiro já chegou a empregar 12 mil trabalhadores em 2013. A reportagem do G1 tentou contato com o escritório da Engevix em São Paulo, mas não teve os telefonemas atendidos. A assessoria de imprensa informou que a empresa não vai se manifestar.




    Comentários