AGRO: EXPOINTER 2017 – MAIS DE 88 MIL PESSOAS PASSARAM PELO SALÃO DO EMPREEENDEDOR

    Com o conceito ‘do campo à mesa’, espaço realizou 28 mil atendimentos a potenciais empresários, investidores, empreendedores no ramo do agronegócio e empresários de forma geral, independentemente da área de atuação

    Esteio – A qualidade de um produto que chega ao consumidor final é de responsabilidade de toda a cadeia produtiva. Com o conceito ‘do campo à mesa’, o Salão do Empreendedor atraiu mais de 88 mil visitantes durante os nove dias da 40ª Expointer e realizou cerca de 28 mil atendimentos nos espaços que disponibilizaram informações técnicas, oportunidades, inovação e qualificação com foco no produtor rural e no público em geral da feira. A Expointer ocorreu de 26 de agosto a 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

    Nesta edição da feira, o Salão do Empreendedor tornou-se mais completo e, para isso, contou com parcerias estratégicas de instituições representativas da indústria e do comércio. “Tradicionalmente estamos na Expointer com FARSUL, SENAR-RS e SEBRAE/RS, através do programa Juntos para Competir. Este ano, porém, agregamos ao projeto Fecomércio/Senac-RS e Senai, além da Embrapa, pois acreditamos que é preciso sinergia entre as cadeias produtivas, desde o plantio, no campo; a transformação, na indústria; até a entrega diferenciada ao consumidor final, no comércio e serviços”, destacou o presidente do Sistema Farsul e do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/RS, Carlos Sperotto.

    Em 1.200 metros quadrados, localizado no Pavilhão Internacional, o Salão do Empreendedor teve programação orientada a partir dos sete segmentos selecionados por seu potencial de desenvolvimento no Rio Grande do Sul: Apicultura, Horticultura, Leite e Derivados, Olivicultura, Ovinocultura, Pecuária de Corte e Vitivinicultura. “Atuamos com foco no negócio, com o olhar de cadeia, fortalecendo a apresentação de produtos e tecnologias”, acrescentou Sperotto. Nestes ambientes, 2.322 pessoas foram atendidas e receberam informações.

    Mais uma vez foi destaque na Expointer a tradicional Vitrine da Carne Gaúcha, iniciativa da FARSUL. Com o objetivo de valorizar a qualidade da carne produzida no Rio Grande do Sul, o espaço apresentou ao público técnicas empregadas para o melhor aproveitamento do produto, como métodos de desossa de carcaças de bovinos, bubalinos, ovinos e suínos e sugestões de preparo. Participaram as associações de criadores das raças Angus, Devon, Hereford e Braford, Zebuínos, Alianza Del Pastizal, Cooperbúfalo, Associação Brasileira de Criadores de Ovinos e Associação Brasileira de Criadores de Suínos. As dinâmicas realizadas durante o evento reuniram 1.583 participantes.

    Na Arena do Conhecimento, o visitante teve acesso a palestras e painéis sobre tendências e oportunidades com foco nas setes cadeias produtivas priorizadas pelo Salão do Empreendedor, o que reuniu 490 pessoas. Um espaço que aguçou a curiosidade do público foi o de tecnologia e inovação, onde 995 visitantes tiveram uma experiência bem especial. Utilizando óculos de realidade virtual, puderam visualizar uma estufa, um restaurante e uma produção de queijos com dicas, orientações e referências para quem deseja abrir ou já tem um negócio com este perfil.

    Gastronomia – o último elo da cadeia produtiva

    A gastronomia representou o último elo da cadeia produtiva dos segmentos destacados no Salão do Empreendedor. Na cozinha pedagógica, coordenada pelo SENAC, todos os dias da feira foram realizadas oficinas gastronômica em que o público acompanhava a produção de receitas e ao final degustava o prato preparado. Mas o que mais deixou os visitantes entusiasmados foram as degustações às cegas. Nesta atividade, os participantes eram vendados e experimentavam quatro receitas, além de vinhos e espumantes gaúchas. Somente ao final, o público era informado sobre o que tinha degustado. As oficinas gastronômicas e degustações somaram mais de 500 participantes.

    Produtores rurais vieram do Interior

    Outra iniciativa da FARSUL, do SENAR-RS e do SEBRAE/RS, através do Programa Juntos para Competir, foi viabilizar a participação gratuita de 2.429 produtores rurais provenientes 76 municípios gaúchos. Os produtores eram recepcionados no Salão do Empreendedor, percorriam todo os espaços ouvindo informações técnicas a respeito das sete cadeias produtivas e depois seguiam em visitação à Expointer.

    Para o diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, quando as cadeias produtivas funcionam bem, todos ganham, e foi isso que o Salão do Empreendedor apresentou durante os nove dias da Expointer graças a união de esforços de tantas entidades. “Precisamos seguir avançando em nossa capacidade de trabalhar juntos otimizando recursos, complementando competências e, com isso, melhorando a economia de nosso Estado”, disse.

    Boas notícias na Expointer 2017

    Representantes de FARSUL, SENAR-RS e SEBRAE/RS, através do Programa Juntos para Competir, e Governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI), assinaram protocolo de intenções durante a feira com o objetivo de integrar esforços para o desenvolvimento do “Programa Estadual de Olivicultura – Pró-Oliva. Na ocasião também foi assinado termo de cooperação técnica com foco no setor da Apicultura. Nesta parceria se une às demais entidades a CMPC Celulose Riograndense LTDA com objetivo de apoiar a implementação e o desenvolvimento da Cadeia Apícola no RS.




    Comentários