ESPECIAL DE DOMINGO – COLUNA CAMINHOS DA ZONA SUL – DIÁRIO DA MANHÃ – 05/08/2017

     

    CAMINHOS DA ZONA SUL

    www.caminhosdazonasul.com____________________Paulo Gastal Neto

    Mundo SENAI – Nos próximos dias 14 e 15 a escola do SENAI estará com diversas atividades abertas a comunidade pelotense e industriária. Na programação visita as oficinas de costura, automação, eletrônica, panificação e confeitaria, robótica com lego, eletricidade predial e industrial, soldagem, CAD, CNC, pneumática, gestão, manutenção, usinagem, metrologia, simuladores didáticos e mais a Olimpíada do Conhecimento.  As escolas, famílias, grupos de empresas podem agendar as visitas pelo telefone 53 3310 1520.

    ***

    Esperança – O mês de setembro começa de maneira otimista para a indústria do RS. Na Sondagem Industrial de julho, divulgada no fim de agosto pela Fiergs, mostra uma expectativa mais otimista por parte dos empresários. Contribuíram para isso alguns resultados que apontam o aumento na produção industrial, menor número de demissões, redução da ociosidade e estoques ajustados, segundo afirmou o presidente da entidade, Gilberto Petry. O Indicador de Produção da Sondagem Industrial superou os 50 pontos em julho, o que representa expansão ante junho pela primeira vez no mês em quatro anos. Ao atingir 51,6 pontos, cresceu três em relação aos 48,7 anteriores.

    ***

    Azeitonas – As oliveiras, a cada ano que passa, ganham destaque na Expointer. Nos últimos 10 anos, o cultivo da cultura no Rio Grande do Sul cresceu, em média, 2000%, tendo toda a produção direcionada para a extração do azeite. Ao todo, 17 marcas estão expostas no espaço da Olivicultura, sendo que muitas já possuem prêmios nacionais e internacionais.

    ***

    Apoio – A necessidade de um deputado. A prefeita Paula Mascarenhas indicou a deputada federal Yeda Crusius (PSDB/RS) para ser a interlocutora dos interesses da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) junto à presidência da Câmara dos Deputados. De acordo com a prefeita, Yeda Crusius é a pessoa ideal para representar a cidade, pelo compromisso que tem, como deputada e ex-governadora do Rio Grande do Sul, com a pauta municipalista.

    ***

    Morte – O Polo Naval cada vez mais longe. As plataformas P-71 e P-72 deverão virar sucata. Mesmo que estejam em condições de se transformar em opção para exploração de petróleo, se o polo estivesse ativo, as duas gigantes estruturas foram arrematadas pela Gerdau que deverá desmanchar para utilizar a matéria prima em suas linhas de produção. É mais um capítulo triste desta novela que foi protagonizada por um presidente demagogo, envolvido em corrupção, respondendo criminalmente e que aparelhou a principal estatal brasileira, tornando-a quase uma empresa inviável.

    ***

    Seleção inédita – Até o dia 17 de setembro, universitários podem se inscrever para o primeiro processo seletivo ‘gamificado’ do McDonald’s. Esta é primeira vez que a rede utiliza de mecânicas e dinâmicas de jogos para selecionar candidatos para o seu programa de estágio. O processo será feito em parceria com a Eureca!, uma consultoria especializada em conectar jovens com o mundo do trabalho, por meio de processos seletivos diferenciados, sempre com grande interação entre os dois lados. Os candidatos serão convidados a participar de um desafio online e receberão uma pontuação para posicioná-los no ranking. Os melhores colocados serão convidados para um bate-papo por Skype com a Eureca! e, a partir daí, serão definidos os finalistas que irão para o desafio presencial, que será acompanhada pelos gestores das vagas.

    ***

    Obrigação – A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES está participando, juntamente com outras entidades do setor de saneamento e com a Subcomissão Permanente de Saneamento Ambiental da Câmara dos Deputados, a SubÁgua, presidida pelo deputado João Paulo Papa, do esforço para que os municípios brasileiros tenham seus planos de saneamento. A entidade enviou carta a todos os governadores estaduais solicitando que auxiliem as prefeituras na elaboração dos planos. O mesmo documento está sendo encaminhado agora às companhias de saneamento. Uma das entidades apoiadoras da Comissão, a ABES foi escolhida para atuar junto aos governos nesta ação. A existência de Plano Municipal de Saneamento Básico é condição obrigatória para que os serviços de saneamento tenham sua situação legal estabelecida e que seja possível aos municípios e Companhias Estaduais de Saneamento Básico (CESB) a obtenção de recursos financeiros federais.

    ***

    Até a próxima!




    Comentários